segunda-feira, abril 24, 2017

Confirmado para o Brasil, também, Kia revela Rio Sedan no Salão do Automóvel de Nova York


A Kia revelou no Salão do Automóvel de Nova York, de surpresa, a nova geração do Rio Sedan. Depois do hatch ser revelado no Salão de Paris de 2016, chega a vez do sedã fazer sua estreia ao público. Trazendo as mesmas novidades do hatch, o sedã ficou maior que seu antecessor no comprimento e na distância de entre-eixos, se tornando um dos mais espaçosos do segmento. Nos EUA ele deve ser vendido nas versões LX, S e EX. Todas serão equipadas com motor 1.6 16v GDI a gasolina que desenvolve 131cv de potência com 16,4kgfm de torque, acoplado ao câmbio manual ou automático, ambos de 6 marchas. Mais refinado, a nova geração conta com um interior mais espaçoso e silencioso graças à melhora no isolamento acústico e à redução de aspereza e vibração do motor. Bem equipado, o Rio pode receber na versão de topo itens como o sistema multimídia com tela de 7", Auto Android, Apple CarPlay e reconhecimento de voz. Em termos de segurança, destaque para a oferta da frenagem autônoma de emergência, um dos responsáveis pelo compacto ter alcançado a pontuação máxima nos testes do IIHS. Projetado em parceria com os centros de design da Coréia do Sul, EUA e Alemanha, o Rio está mais ocidental e traz a  evolução da grade frontal tiger nose e conta com para-choques mais agressivos, faróis de LEDs com assinatura em forma de “U” e na traseira, lanternas maiores. O interior ganha fica mais “clean” e moderno, com destaque para a tela multimídia flutuante de alta resolução, comandos circulares e maior percepção de qualidade. Dependendo da versão, pode receber revestimentos em couro, apliques em preto brilhante ou imitando alumínio.



Fiel ao conceito, Lincoln apresenta novo Navigator no Salão do Automóvel de Nova York, seu SUV de luxo


A Lincoln apresentou a versão de produção do Navigator, que chega ao Salão do Automóvel de Nova York. O maior SUV da marca de luxo da Ford, o Navigator possui carroceria de alumínio que diminuiu 200kg do seu peso. Seu chassi é de aço de alta resistência e garante maior rigidez torcional ao conjunto. No design, destaque para a grade cromada e vistosa, afundada no conjunto frontal, que ainda conta com faróis duplos full LED com LEDs diurnos e repetidores de direção em diodos emissores de luz. A traseira tem um conjunto robusto de lanternas de LED, que dominam o visual. Com enormes rodas de liga leve, o Lincoln Navigator 2018 é bem suntuoso por fora. No interior, destaque para o luxo, com quatro dos sete passageiros possuem apoios de braços centrais nos dois consoles que os separam. Os bancos dianteiros têm ventilação e aquecimento. A multimídia SYNC tem Android Auto e Car Play, além de hotspot Wi-Fi. Há também duas telas de 10 polegadas extras na segunda fileira. O sistema de som tem 20 alto-falantes Revel Ultima. Na mecânica, o Navigator conta com motor 3.5 V6 EcoBoost que desenvolve 450cv de potência acoplado a um câmbio automático de 10 velocidades, podendo ser vendido com espaço para sete pessoas ou quatro pessoas com bancos individuais. Entre os itens de série, a Lincoln oferece seis portas USB, três tomadas de 12V, uma tomada de 110V, controle de cruzeiro adaptativo, frenagem de emergência, alerta de mudança de faixa, câmeras com visão 360 graus, controle de estabilidade com trailer, HUD, revestimento total em couro e serviços de assistência premium Black Label.



Subaru apresenta a evolução do VIZIV-7 Concept, Ascent Concept, no Salão de Nova York


O sucessor do Tribeca acaba de ganhar um conceito mais atualizado para o Salão do Automóvel de Nova York. Confirmando o nome Ascent, o novo utilitário esportivo da Subaru foi confirmado para ser aparesentado até o ano que vem. Evolução do VIZIV-7 Concept, o novo conceito fica mais próxima do modelo de produção e coloca a Subaru de frente com Volkswagem, Toyota e Honda com seus Atlas, Highlander e Pilot. O conceito conta com 5,05 metros de comprimento, 2,98 metros de entre-eixos, 1,98 metro de largura e 1,83 metro de altura. Com espaço para sete ocupantes, o conceito conta com espaço para 3 fileiras de assentos. O design, como dito já antecipado, se enquadra na filosofia empregada nos primos menores Outback e Forester. O carro de produção deve mudar muito pouco. A previsão de lançamento é para o início de 2018 nos EUA, com produção na fábrica de Lafayette, Indiana. A meta é substituir - finalmente - o Tribeca, que deixou de ser produzido em 2014. Porém o Ascent tem boas chances de sucesso em território norte-americano. Na mecânica, tudo leva a crer que terá injeção direta e sobrealimentação.



Genesis apresenta GV80 Concept para o Salão do Automóvel de Nova York e antecipa SUV


A Hyundai está revelando para o Salão do Automóvel de Nova York o Genesis GV80 Concept, que antecipa o primeiro utilitário esportivo da marca de luxo da Hyundai. Concebido para ser um grande utilitário esportivo, ele se destaca pelo seu porte avantajado. "Ele estuda os benefícios dos sistemas alternativos de propulsão para aplicações em futuros produtos", disse um porta-voz. No design, destaque para a grade com a assinatura Genesis, além dos faróis afilados com layout interno diferenciado. Há também formas laterais mais marcantes e lanternas exibindo na parte traseira o mesmo padrão dos faróis. O interior conta com uma ampla tela curva OLED de 22 polegadas e outra atrás do volante, que substituem o painel de instrumentos e o display do sistema multimídia. As telas podem ser comandadas por botões no volante ou por meio de recursos sensíveis ao toque no painel. Entre as funções, há navegação, entretenimento, comunicação e meio-ambiente. “O GV80 Concept é um SUV que alude à confiança e à evolução da marca Genesis – seu design é intemporal, com uma sofisticada e dinâmica complexidade de superfícies”, disse o chefe de design da marca, Luc Donckerwolke. “Estas são todas as características que incorporam os produtos Genesis e refletem delicadamente elementos distintivos, que você verá em futuros modelos da nossa marca”. Há ainda couro em praticamente todos os lados. Há também detalhes em camurça com couro cinza e madeira cinza. A mecânica não foi revelada.



Toyota revela Fun Sedan Concept no Salão do Automóvel de Xangai, antecipando novo sedã


Depois de apresentar a nova geração do Toyota Camry, a Toyota levou para o Salão do Automóvel de Xangai, na China, o sedã Fun Concept. Com plataforma modular TNGA e com design próximo ao Camry 2018, o estudo quer mostrar a flexibilidade da plataforma TNGA e dá pistas sobre um novo sedã que será desenvolvido para o mercado chinês, muito provavelmente para ser o Camry chinês. Sem detalhes da mecânica revelada, o Fun Sedan Concept conta com design bastante arrojado, trazendo a nova identidade da Toyota. Entre os destaques, a dianteira chama a atenção pela enorme entrada de ar e os faróis de LED bem estreitos, enquanto as luzes de posição pontiagudas são semelhantes às utilizadas no Mirai. As enormes rodas e a caída suave do teto na parte traseira completam a proposta mais esportiva. Como forma de baixar os custos, a Toyota deve usar a plataforma TNGA em metade de seus automóveis até 2020.




Nova geração do Honda Accord é flagrada em testes nos EUA e estreia no final de 2017, nos EUA


A Honda já testa a nova geração do Accord, seu sedã de porte grande. A décima geração do Accord deve ser lançada ainda este ano, como um "Civic GG". O sedã foi flagrado em duas ocasiões pelo site Motor1 (veja aqui) e mostra que vai perdendo a camuflagem, já que uma unidade estava bem camuflada e outra já mostrava a carroceria apenas com camuflagem zebrada. Diferente das últimas gerações, a nova geração do Accord deve ser bem mais atraente que o modelo atual. A carroceria deve trazer muitas influências do Civic e CR-V, como é possível observar pela dianteira com faróis afilados, grade e capô semelhantes ao do irmão menor, além da traseira no formato fastback. Tudo, claro, numa versão ampliada em todos os sentidos. Além disso, com a chegada dessa décima geração, a Honda deve impor um fim a prática de ter uma versão específica para os EUA e outra para a Europa/Japão. A mudança estratégica tem a ver com o fato que este modelo será um pouco menor que o modelo atual. Ainda assim deve oferecer um ótimo espaço interno para os passageiros. No interior é de se esperar um belo upgrade no que se diz respeito a qualidade dos materiais e acréscimo de itens de tecnologia, assim como aconteceu com o Civic. Na mecânica, espere por um sedã que use motores de quatro cilindros e um V6. A versão de entrada pode manter um motor aspirado, mas as demais devem ser equipadas ou com o motor 1.5 16v ou o 2.0 16v i-VTEC Earth Dreams. O motor V6 deve trazer melhorias, enquanto uma versão híbrida também é esperada. Possivelmente ele seja apresentado no final deste ano, no Salão do Automóvel de Los Angeles, em Novembro.



Fotos: Motor1

Volkswagen quer preços competitivos, próximos a modelos a combustão, para linha de elétricos ID


A Volkswagen confirmou no Salão do Automóvel de Xangai, na China, que sua futura linha de automóveis elétricos, a ID, deve apostar no custo/benefício. A marca alemã confirmou que planeja vender seus elétricos com preços equivalentes aos modelos convencionais, movidos por gasolina ou diesel. Com essa proposta, a empresa aposta que sua meta será alcançar a redução de custos na produção dos elétricos com a plataforma modular especial MEB. O objetivo é ser um dos 10 grupos consolidados na China para produção de automóveis elétricos (atualmente são cerca de 200 independentes) e alavancar suas vendas nos EUA. Isso deve evitar a imagem da marca no Dieselgate com a emissão zero dos seus elétricos, caso o preço for equivalente a automóveis comuns. O outro alvo seria o crescimento da Tesla com o Model 3, que deve custar US$35.000 sem os benefícios fiscais do governo estadual e federal norte-americano. Nova era, nova fase.


Tesla confirma picape totalmente elétrica para meados de 2019, com mesma base de Model S e X


A Tesla parece que definiu uma data para o lançamento de sua primeira picape: meados de 2019. Através do Twitter, Elos Musk, CEO da marca, confirmou que deve desenvolver um caminhão semipesado totalmente elétrico chamado de "Tesla Semi" e será antecipado por um conceito logo após a apresentação do Model 3. Musk acredita que a propulsão elétrica “irá entregar uma redução substancial no custo do transporte de carga, aumentando a segurança e tornando muito divertido de operar”. Mas o mais interessante é que Musk deu um prazo de 18 a 24 meses para a apresentação de uma picape elétrica. Sem detalhes revelados, a picape deve ter a mesma plataforma de Model S e Model X, tendo um entre-eixos obviamente ampliado para alcançar a Honda Ridgeline. Além disso, o CEO confirmou o interesse de lançar um roadster, ainda sem data de lançamento mas que seria substituto do Roadster, primeiro automóvel da marca, com base no Lotus Elise. A picape e o caminhão fazem parte do “Plano Mestre”, o conjunto de diretrizes inclui a fusão com a companhia de energia solar SolarCity, a diversificação da gama de produtos e ampliação das pesquisas em energia sustentável. Além disso, o CEO Elon Musk garante que o sistema de direção autônoma será aperfeiçoado e que serão ampliados os estudos sobre compartilhamento de veículos. Nos próximos anos a marca pretende lançar novos modelos.


Projeção: MotorTrend

Jeep reajusta os preços do Compass e Renegade no mercado brasileiro neste mês em até R$3.000


A Jeep reajustou os preços dos seus dois modelos mais vendidos no Brasil: Compass e Renegade. Os utilitários esportivos da marca norte-americano ficaram de R$200 a R$3.000 mais caros que os preços anteriores. Grande sucesso de vendas, o Compass são vendeu 9.797 unidades nos três primeiros meses do ano, respondendo por 50% das vendas da Jeep. Lançado no ano passado por R$99.990 na versão Sport 2.0 16v Flex, ele chega por R$103.490 graças a um aumento de R$1.500. A versão Trailhawk, equipada com motor 2.0 16v MultiJET 4x4 e câmbio automático de 9 velocidades chega a R$154.990, um aumento de R$3.000. Além dela, as versões Longitude 2.0 16v Flex AT6, Limited 2.0 16v Flex AT6 e Longitude 2.0 MultiJET 4x4 AT9 também ficaram R$3.000 mais caras. No caso do Renegade, os aumentos foram menores. A versão Sport com motor 1.8 16v EtorQ Flex manual ficou R$200 mais cara e R$1.000 mais cara com câmbio automático de 6 velocidades. As versões Longitude e Limited também ficaram R$1.000 mais caras, mas as versões equipadas com motor MultiJET não sofreram reajuste.


Tabela de Preços

  • Jeep Compass Sport 2.0 Flex AT6: R$103.490
  • Jeep Compass Longitude 2.0 Flex AT6: R$112.990
  • Jeep Compass Longitude 2.0 Diesel AT9 4×4: R$137.990
  • Jeep Compass Limited 2.0 Flex AT6: R$129.990
  • Jeep Compass Trailhawk 2.0 Diesel AT9 4×4: R$154.990
  • Jeep Renegade 1.8 Flex: R$72.990
  • Jeep Renegade Sport 1.8 Flex: R$80.990
  • Jeep Renegade Sport 1.8 Flex AT6: R$87.990
  • Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex AT6: R$92.990
  • Jeep Renegade Limited 1.8 Flex AT6: R$98.990
  • Jeep Renegade Sport 2.0 Diesel AT9: R$115.990
  • Jeep Renegade Longitude 2.0 Diesel AT9: R$123.490
  • Jeep Renegade Trailhawk 2.0 Diesel AT9: R$136.990

Volvo reajusta os preços de toda a sua linha neste mês com reajustes de R$4.000 a R$13.000


A Volvo está reajustando os preços de quase toda a sua gama no mercado brasileiro. Os preços foram reajustados entre R$4.000 até R$13.000. Começando pelo modelo mais em conta da marca no país, o V40, o hatch ficou R$4.000 mais caro em todas as suas versões. Agora o hatch começa em R$136.950 e vai a R$188.950. Já o sedã da linha, o S60, começa em R$157.950 e chega aos R$236.950, com reajustes de R$4.000 a R$6.000. O mesmo reajuste dado para a sua station V60 que vai de R$162.950 a R$241.950. Best-seller e prestes a ganhar uma nova geração, o XC60 foi reajustado entre R$5.000 a R$8.000 e vai de R$186.950 a R$253.950. Por fim, o XC90, grata surpresa comercialmente falando, ficou entre R$9.000 a R$13.000 mais caro, indo de R$362.950 na versão T6 e chegando a R$532.950 na versão topo de linha T8. Confira os novos preços abaixo.


Tabela de Preços

  • V40 T4 Kinetic – de R$ 132.950 para R$ 136.950 (+ R$ 4 mil)
  • V40 T4 Momentum – de R$ 149.950 para R$ 153.950 (+ R$ 4 mil)
  • V40 T4 Momentum Safety – de R$ 164.950 para R$ 168.950 (+ R$ 4 mil)
  • V40 T5 R-Design – de R$ 169.950 para R$ 173.950 (+ R$ 4 mil)
  • V40 T5 R-Design Safety – de R$ 184.950 para R$ 188.950 (+ R$ 4 mil)
  • V40 Cross Country T4 – de R$ 159.950 para R$ 163. 950 (+ R$ 4 mil)
  • V40 Cross Country T4 Safety – de R$ 174.950 para R$ 178.950 (+ R$ 4 mil)
  • S60 T4 Kinetic – de R$ 153.950 para R$ 157.950 (+ R$ 4 mil)
  • S60 T4 Momentum – de R$ 167.950 para R$ 171.950 (+ R$ 4 mil)
  • S60 T6 R-Design – de R$ 230.950 para R$ 236.950 (+ R$ 6 mil)
  • V60 T4 Kinetic – de R$ 158.950 para R$ R$ 162.950 (+ R$ 4 mil)
  • V60 T4 Momentum – de R$ 172.950 para R$ 176.950 (+ R$ 4 mil)
  • V60 R-Design – de R$ 235.950 para R$ 241.950 (+ R$ 6 mil)
  • XC60 T5 Kinetic – de R$ 181.950 para R$ 186.950 (+ R$ 5 mil)
  • XC60 T5 Momentum – de R$ 208.950 para R$ 214.950 (+ R$ 6 mil)
  • XC60 T5 R-Design – de R$ 230.950 para R$ 239.950 (+ R$ 9 mil)
  • XC60 T5 Inscription – de R$ 237.950 para R$ 245.950 (+ R$ 8 mil)
  • XC60 D5 Momentum – de R$ 246.950 para R$ 253.950 (+ R$ 7 mil)
  • XC90 T6 Momentum – de R$ 353.950 para R$ 362.950 (+ R$ 9 mil)
  • XC90 T6 Inscription – de R$ 411.950 para R$ 422.950 (+ R$ 11 mil)
  • XC90 D5 Momentum – de R$ 405.950 para R$ 415.950 (+ R$ 10 mil)
  • XC90 D5 Inscription – de R$ 463.950 para R$ 475.950 (+ R$ 12 mil)
  • XC90 T8 Inscription – de R$ 456.950 para R$ 468.950 (+ R$ 12 mil)
  • XC90 T8 Excellence – de R$ 519.950 para R$ 532.950 (+ R$ 13 mil)