sexta-feira, fevereiro 28, 2014

Dodge Journey também é encontrado com grandes descontos!


A Dodge que procurou descontos generosos para o Durango neste mês de Fevereiro também está dando descontos para o Journey. As unidades do Journey são modelos 13/13 e 13/14, mas os descontos que chegam a incríveis R$5.000 ou mais, que diminui muito o preço do modelo. O preço de tabela da versão SXT é de R$119.900, mas é encontrado por R$107.900 nos modelos 13/13 e cerca de R$114.900 para os 13/14. Já o R/T que tem preço de tabela em R$139.900, é encontrado por R$127.900. O Journey conta com motor 3.6 V6 que rende bons 280CV de potência e um torque de 34,9kgfm, associado a um câmbio automático de 6 velocidades, mostra que é bem melhor que a "cópia" Fiat Freemont, que custa quase o mesmo que o modelo verdadeiro. As vendas do Journey estão estáveis, vendendo uma média de 200 unidades mensais, número que deve aumentar depois dessa redução.

Papel de Parede: Mercedes-Benz CLA!


(Clique na imagem para ver em tamanho maior)

Tamanho da Imagem: 1600x1200

quinta-feira, fevereiro 27, 2014

Ford Ka atual some das lojas; Estoque do atual modelo já esgotou!


A Ford deve começar a comercializar a próxima geração do Ka apenas entre Junho e Julho, mas a atual geração, que "sai de linha" em Dezembro de 2013, já possui seu estoque esgotado. Foi isso que anunciou a Ford, quando perguntada. As unidades do modelo, se forem encontradas são por sorte ou por falta de algum comprador, mas em grandes cidades o popular Ka deu um prévio adeus às concessionárias. Lançado no Brasil em 1997 e com drástica mudança em 2007, o Ka ruma para uma nova história, com visual bem diferente ao que sempre foi no Brasil, além de ter rivais de muito peso no Brasil, como Volkswagen Gol, Hyundai HB20, Chevrolet Onix, Renault Sandero entre outros. O modelo novo deve chegar ao Brasil em breve, com motor 1.0 de 3 cilindros e o 1.5 16V de 111/109CV de potência já presente no New Fiesta, com opção de câmbio PowerShift...

Quantas unidades o Audi A3 vendeu desde 2002 até Janeiro de 2014!


Quando a Audi lançou o A3 no Brasil em 1998, muito se falava que ela estava fugindo do seu rumo, que o A3 não rendia muito, além de ser uma "cópia" chique do Volkswagen Golf IV. Mas na verdade o A3 se tornou um grande sucesso de vendas, tanto que até virou nacional, sendo um dos primeiros modelos de luxo a ser fabricados no Brasil. Ficou sendo fabricado no Brasil até 2006, quando ganhou sua nova geração, voltando a ser importada. Lançada em 2013, a mais nova geração do A3 chegou com visual bem mais bonito e mais discreto, que empolga a quem é mais conservador. Além disso, o novo A3 deve voltar a ser nacional, assim como sua nova variante, o A3 Sedan, também deve ganhar sotaque "abrasilerado", e vem ganhando força no segmento de Hatch's TOPs, sendo que em Janeiro deixou Mercedes-Benz Classe A e BMW Série 1 para trás.

Vendas

2002: 9.388
2003: 7.714
2004: 5.657
2005: 4.337
2006: 2.410
2007: 1.592
2008: 832
2009: 770
2010: 1.061
2011: 900
2012: 514
2013: 1.025
2014: 200 (Janeiro)

Total: 36.400

Testes de Pot Hole e Torção, a prova de fogo para Suspensão e Carroceria

Ford Focus durante sessão de teste de Pot Hole no Campo de Provas de Lommel, Bélgica.
Foto: Autoblog.


Com todas essas estradas e ruas esburacadas você deve imaginar o nível de exigência no qual os componentes da suspensão são submetidos. Não me prolongo em dizer que existem contratos milhonários entre fornecedores e montadoras para fornecimento de peças com qualidade garantida.
Mesmo assim nenhum projeto é aprovado se não houver uma baterias de testes para validar os componentes, e pode acreditar, esses testes são realmente pesados!
Um dos testes realizados para validar a suspensão e a estrutura do veículo como um todo(entenda chassi e carroceria) são os fadigantes Pot Hole test e Torsion test, e é sobre eles que o quadro de matérias técnicas do CA vai falar!

Pot Hole Test:

Buracos, buracos e mais buracos. Não, não estamos falando de nossas ruas e estradas, estamos falando da pista de Pot Hole, uma pista repleta de buracos e valetas que metem medo nas suspensões mais parrudas. Simulam através de buracos e batentes condições precárias de rodagem. Estes obstáculos são dispostos de forma alternada e em cada lado da pista, para que as rodas os atinjam de forma desencontrada.

Pista de Pot Hole nas fotos da esquerda e direita, a foto do meio ilustra o teste na pista de pedras(cobblestone).

O teste é feito da seguinte forma, o veículo é posto em idle(marcha-lenta em inglês) e engatado em terceira macha, o motorista de testes deixa que a força do motor mova o veículo em marcha-lenta pela pista esburacada e apenas controla o volante para evitar que o veículo tome alguma direção indesejada. A velocidade atingida nessas condições é de cerca de 20-25km/h, e se você pensa que é pouco, experimente fazer isso com o seu carro no mais fraco buraco da sua rua. Agora imagina fazer isso por horas e horas a fim de atingir os ciclos estabelecidos pela engenharia? Até mesmo para o motorista é uma prova de fogo, segurar as vibrações e pancadas que nem sempre são absorvidas completamente pela suspensão, principalmente em carros protótipos.

Quando a roda dianteira esquerda está atingindo um obstáculo ou caindo em um buraco, a roda diagonalmente oposta a ela esta passando sobre uma elevação ou por um rebaixo e assim sucessivamente. Isto tem a finalidade de forçar ainda mais o conjunto, pois a suspensão resiste mais impactos quando ambos os lados estão sobre esforço, quando apenas um é forçado, isto tende a concentrar mais as cargas impostas individualmente em componentes como molas, amortecedores, bieletas, buchas, mangas de eixo e pneus.

A coleta de dados é feita pelo motorista durante o teste, antes e depois de cada início de ciclo com avaliações undercar(parte de baixo do veículo) e substituindo as peças danificada por novas, com as danificadas indo para estudo e notificação do fornecedor se necessário. O motorista registra toda e qualquer anomalia percebida durante o teste, e são muitas... Um dia de testes de Pot Hole é o suficiente para o interior do veículo está lotado de grilos e rangidos.

O objetivo do teste é por a prova, principalmente, todos os componentes da suspensão contra pancadas e impactos. Buchas, batedores, amortecedores, molas e bieletas passam por uma grande avaliação é não é comum fazer as barras estabilizadoras se soltarem(!!!), batedores e bieletas rasgarem. E por consequência é possível fazer a avaliação mangueiras e componentes de fixação no cofre do motor, é muito comum também mangueiras se soltarem e fixações de tubulações e fios terra se romperem.

Torsion Test:

Semelhante ao teste de Pot Hole, o teste de Torção gera muito mais esforço no carro do que o teste de Pot Hole. Como o próprio nome diz, aqui o veículo e posto a prova contra torção em uma pista repleta de obstáculos dispostos de forma alternada, assim como na pista de Pot Hole. Contudo, os obstáculos são pequenas rampas e declives.

Teste do torção dentro de um avião.
Foto: Gazeta do povo.

Funciona da seguinte forma, cada rampa é disposta de um lado da pista, nunca há duas rampas lado-a-lado, ao lado de uma rampa está um pequeno declive. Isso faz com que o veículo, ao passar com as rodas dianteiras por um conjunto rampa e declive, passe também com as rodas traseiras sobre o conjunto rampa e declive anterior, sendo que este de forma invertida. Por exemplo, se a roda dianteira esquerda está subindo uma rampa e a dianteira direita está em um declive, a traseira esquerda está em declive e a traseira direita está subindo uma rampa.

Exemplo de teste de torção extremo.
Foto: Flatout


O teste começa com o motorista mantendo o motor em marcha-lenta, engata a primeira marcha e libera o veículo para se movimentar com a própria força do motor. A velocidade obtida neste teste é varia entre 8-10km/h. Parece pouco, mais é o suficiente para torcer a carroceria inteira, e caso o veículo venha a andar acima dessa velocidade, certamente será jogado para fora da pista.
Enquanto que o teste de pot hole põe o veículo a prova contra impactos, aqui o objetivo é gerar esforços de torção nas estrutura do veículo de forma constante simulando condições de uso severo.

A partir desse teste, é possível avaliar o nível de rigidez a torção do chassi e/ou carroceria, podendo observar trincas, alinhamento de portas, vedações dos vidros e para-brisas, além de causar esforços excessivos nas suspensão, barras de torção(ou estabilizadoras), tensores e barra panhard(caso o veículo possua) são postos a prova.
O veículo é inspecionado antes e depois do teste, além do motorista coletar todas as informações obtidas durante o teste, ou seja, cada ruído ou funcionamento anormal é anotado e depois verificado para definição de sua causa raiz, caso algum componente venha a quebrar durante o teste, procede-se a sua substituição e notificação do fornecedor.
Estes dois testes são importantes fases de desenvolvimento de um veículo antes deste chegar as ruas.

Confira no vídeo abaixo como a Ford executa esses testes em seu campo de provas em Lommel na Bélgica:


quarta-feira, fevereiro 26, 2014

Fábrica brasileira da Chery atrasa em 1 mês sua inauguração!


A Chery deve atrasar em 1 mês a inauguração da sua primeira fábrica fora da China. A fábrica que fica em Jacareí/SP. A fábrica está em acelerado ritmo e pode ser acompanhada 24hrs pelo site da marca. A inauguração da marca era pra ser em Julho, deverá ficar para o mês de Agosto. Apesar da mudança da inauguração, o cronograma de lançamentos não será afetado, onde a fábrica debe começar a fabricar o Celer Hatch e Celer Sedan, além do popular QQ. Com investimento de US$400 milhões, e com produção para 150.000 unidades anuais, a fábrica da Chery terá uma vizinha, dela mesma, a fábrica de motores da marca chinesa deve ficar bem próxima à fábrica da marca. Para 2015 também é esperado a produção do novo Tiggo e do sedan Arrizo7, já que a Chery quer ter uma linha 100% nacional. O Face, como vem do Uruguai, não deve ser feito no Brasil...

Há 1 ano: Citroën DS4!


O ultimo lançamento da linha DS no Brasil, o DS4 chegou a exatos 365 dias atrás no Brasil com o propósito de fazer frente à grandes modelos, como BMW Série 1 e Audi A3, além de futuros grandes rivais, como Mercedes-Benz Classe A e Volvo V40, ambos lançados em 2013. Com forte concorrência, o segmento de Hatchs TOP teve grande crescimento, mostrando sua franca evolução com o passar dos anos. Depois de lançar o modelo no Brasil, conseguiu ficar em 4º no segmento, atrás apenas de Série 1, Classe A e A3, conseguindo vender algo próximo a 65 unidades mensais, quase encostando no irmão maior, o DS5 que vendia cerca de 70 unidades mensais, mas mais que o irmão menor DS3, que ficou na casa das 50 unidades mensais. Com a linha DS completa no Brasil, a Citroën espera agora, colher os frutos...

Jeep lança no Brasil, o "novo" Compass, que chega com novidades estéticas!


A linha 2014 do Compass chega com alguns novos itens. O modelo não chega a ganhar um face-lift, seria mais uma "linha 2014" do SUV que chega ao Brasil depois de alguns meses lançado nos Estados Unidos da América. O modelo traz como novidades, os novos faróis com máscara negra na dianteira e na traseira, além de rodas maiores, de aro 18, pintadas em preto, grade com detalhes em preto, além de novo grafismo no quadro de instrumentos.


Segundo a Jeep, outra mudança importante no conforto é o para-brisa que foge da questão de estética, mas possui um melhor isolamento acústico, que segundo a marca americana eleva o conforto e diminui os ruídos do modelo. O motor é o conhecido bloco 2.0 16V à gasolina que rende 156CV de potência, e um torque de 19,4kgfm, associado a um câmbio automático CVT. Segundo a Jeep o consumo médio dele na cidade é de 9,8km/l. Entre alguns itens de série podemos contar com o controle eletrônico de estabilidade (ESP), 4 airbags (Dois laterais e dois frontais), além do monitoramento da pressão dos pneus, além de ar-condicionado, direção elétrica entre outros.


Preço

  • Jeep Compass 2.0 16V CVT - R$102.100



Ideias de preços para o novo Chery Celer Hatch!


A Chery deve lançar entre Agosto e Setembro no Brasil, o primeiro face-lift do Celer no Brasil, chamado de Fulwin na China, o modelo deve ficar igualzinho ao modelo chinês, comercializado por lá desde 2013. Oferecido no Brasil por R$30.990, o Celer Hatch tem conseguido bons números de vendas, apesar de ainda não ser um sucesso, tem ajudado a Chery a se reerguer depois do IPI de 2011 que levou algumas concessionárias da marca a fecharem. Com o face-lift, é claro que o modelo deverá ficar mais caro, ficando na casa dos R$33.990 para o hatch, ou ainda voltando para os R$35.990 cobrados pelo modelo quando ele foi lançado em 2013. Por aqui ele chegar com novo interior, muito mais bonito que o atual, que lembra modelos da década de 90, além de um visual com menos vincos e mais bonito que o atual, que pode aumentar ainda mais as vendas do modelo...

terça-feira, fevereiro 25, 2014

Fiat divulga primeira foto oficial do novo Linea para o mercado brasileiro!


Essa é a primeira foto oficial do nosso novo Fiat Linea. Lançado em Outubro de 2008 o modelo nunca fez sucesso no Brasil, sempre servindo como coadjuvante no mercado brasileiro por anos e anos. Mas esse ano ele muda. Com visual levemente renovado, o novo Linea agora conta com novo para-choque dianteiro e traseiro, mas a placa ainda não sabe onde ficará, se é na tampa do porta-malas ou no para-choque. O modelo virá com o mesmo motor 1.8 16V flex que rende poucos 132/130CV de potência, com o câmbio automatizado Dualogic, é muito pouco para um Sedan Médio como o Linea, conseguir alavancar nas vendas. Possivelmente ficará a ver navios diante da concorrência. O face-lift chega as lojas em Março e o lançamento está ainda mais próximo.

Toyota cria hotsite para o novo Corolla no Brasil!


A Toyota do Brasil vai lançar no Brasil nos próximos dias 11 e 12 de Março, a nova geração do sedan médio Corolla no Brasil. Totalmente reformulado, o modelo quer voltar a ser o Sedan Médio mais vendido do Brasil, posto perdido para o Honda Civic em 2013. O modelo deve chegar ao Brasil com os mesmos motores, ou seja, o 1.8 16V Flex de 144/139CV e o 2.0 16V Flex de 153/142CV de potência, com opção de câmbio automático CVT. O modelo já tem até um hot site exclusivo, só a espera do lançamento do modelo. O "site-teaser" do modelo, já está no ar, mas mostra muito pouco sobre o modelo que deve chegar ao Brasil em pouco mais de 20 dias, com proposta de ser líder novamente. Será que consegue?

Hotsite:  Novo Corolla 2015


Curiosidades: Carro preto é realmente mais quente que carro branco?


Você possui um carro preto? Passa calor com ele? Sim? Pois fique sabendo que assim como as suas roupas, as cores mais claras não deixam os raios ultra violeta penetrarem o que era algo muito óbvio, mas ainda há quem não saiba. A cor branca reflete 80% da luz solar visível, já a preta é apenas 5%. As áreas envidraçadas podem ainda causar distorções grandes no resultado do experimento (causado pelo efeito estufa), assim como os materiais do interior, como os carros com bancos de couro, que esquentam mais fácil que os de tecido e as posições dos veículo em relação ao sol, também pode danificar o painel dos modelos, já que a maioria é de plástico, que pode ressecar com o tempo. Assim fica fácil dizer que o carro preto é sim mais quente que o branco. É como se o carro fosse sua roupa. Quanto mais escura a cor, mais quente é de sair nesse verão. Quanto mais clara, melhor...

segunda-feira, fevereiro 24, 2014

Renault comemora as 15.000 unidades do novo Master, exaltando seu sucesso!


A Renault está comemorando as primeiras 15.000 unidades da nova geração do Master vendidas no Brasil. Lançado no país em 2013, o novo Master conseguiu seu novo recorde de vendas em 2013, vendendo pouco mais de 10.000 unidades (O utilitário conseguiu 10.005 para falar a verdade), e para este ano quer vender ainda mais. Essas 15.000 unidades foi vendida em menos de 1 ano, mostrando que o modelo quer ocupar a primeira colocação do segmento, ainda mais agora sem a Volkswagen Kombi e a Fiat Ducato sofrendo com a idade. Disponível em quatro versões, Furgão, Passageiro, Chassi e Vitré, o Master vem com vários combinações em altura, comprimento e capacidade de carga, exaltando ainda mais sua versatilidade.

Hyundai lança a versão Grand SantaFé no Brasil, por caros R$187.000!


Depois do SantaFé em 2013, enfim chega a versão alongada do modelo, rebatizada de Grand SantaFé, que além de contar com novo motor, é maior que o SantaFé Sport, de 5 lugares. O Grand SantaFé conta com motor 3.3 V6 que rende 270CV de potência e um torque de 32,4kgfm. Além disso, ele conta com câmbio automático de 6 velocidades, com trocas sequenciais, o modelo mostra ser bem atual. Pena é o alto preço, que custa R$187.000, um tanto alto para um modelo como o SantaFé.


Em relação ao SantaFé Sport (O de 5 lugares), o Grand SantaFé é 22,5 centímetros, e com 10 centímetros a mais no entre-eixos, mas a altura e a largura são mantém as mostra do modelo de 5 lugares. Quem pensa que um modelo de 7 lugares oferece pouco espaço no porta-malas. Mas o modelo conta com 534 litros no porta-malas, onde o modelo conta com bom espaço interno, além da segunda e terceira fila poderem ser rebatíveis, dando mais espaço.


Há 1 ano: Suzuki Jimny nacional!


Já fez um ano do Jimny no Brasil. O modelo que chegou ao Brasil em 2008, ou melhor, voltou em 2008 depois de 5 anos longe do Brasil. O modelo começou meio mal, vendendo cerca de 70 unidades mensais, mas foi só o modelo ser nacionalizado, que em Dezembro de 2013 ele chegou a incrível marca de 213 unidades, o novo recorde de vendas do modelo e que vem ajudando a Suzuki, com o Grand Vitara e SX4. Além disso, o pequeno jipinho, já mostrou inúmeras vezes que é capaz de ser forte e encarar muitas trilhas, mais até que modelos maiores, graças ao seu bom ângulo de entrada e saída. Com isso, o Suzuki Jimny se tornou líder de vendas no segmento de Jipes no Brasil, deixando o brasileiro Troller T4 para trás.

Carros que podem ou poderiam chegar ao Brasil: Ford Focus Tourer!


Lançada na Europa a um bom tempo, no Brasil ela nunca pôs os pés, mas porque não? Pois no Brasil, a modinha dos SUVs atrapalha a vida das stations, e por isso que elas vem perdendo espaço e saindo de linha no mercado nacional. A Focus Tourer nunca veio ao Brasil justamente por não ter rivais que compitam entre si. As últimas stations oriundas de médios, foram a Toyota Fielder, Renault Grand Tour e Volkswagen Jetta Variant, onde ambas, sairão de linha. Por aqui, ela poderia ser um bom modelo, custando cerca de R$65.900 seria uma boa alternativa as famílias que gostam de modelos médios, com espaço maior. Infelizmente, a Ford nunca vai trazer essa bela station ao Brasil, ao não ser se algum concorrente tiver a coragem de se arriscar nesse segmento.

sábado, fevereiro 22, 2014

"Mas ele mal chegou por aqui!" Ford muda visual do Focus lá fora!


O novo Focus chegou ao Brasil muito atrasado. O modelo que foi lançado em 2011 em outros países, chegou apenas em 2013 no Brasil e agora em 2014 o modelo já apresenta mudanças visuais,que devem estar presentes no nosso modelo apenas no final de 2015. O novo Focus traz um visual inspirado nos atuais modelos da Ford, com bocão tipo Aston Martin e com novo para-choque dianteiro e traseiro, além de novas lanternas.


Com visual mais inspirado nos últimos modelos da Ford, como Fusion, EcoSport entre outros, o novo Focus ganha essas mudanças para continuar a ser o mais vendido no mundo. O modelo será apresentado no Salão de Genebra, em Março. O modelo também recebe um novo interior, que recebe um tapa no visual, com som da Sony, com novo volante entre outros. Por aqui, o novo Focus vai deixar os atuais donos um tanto chateados, já que o atual modelo deve ficar apenas 2 anos no mercado.


Toyota aumenta os preços do Etios neste mês!


A Toyota está aumentando os preços do Etios no Brasil. Com os preços reajustados, o modelo agora parte dos R$37.590 na versão 1.3 X, que custava antes cerca de R$35.990.Já a versão XS 1.5 passou de R$39.290 para R$40.790. Já a versão mais cara saiu de R$42.790 para os atuais e caros R$44.290. Já o Etios Cross, que causou muito pelo visual ousado, agora custa R$47.390, sendo que custava R$45.690. O Etios Sedan teve aumento de preços, e agora o modelo X 1.5 custa R$41.290, sendo que o esmo em Janeiro saia por R$39.790. Já as versões XS e XLS passam a custar R$43.290 e R$46.890, sendo que ambas custavam R$41.790 e R$45.290. Segundo a Toyota esse aumento nos preços deve ao IPI e a inclusão de ABS e Airbag que passaram a ser obrigatórios no início de 2014.


Relembre: Comercial da Chevrolet Suprema, de 1993!


Fonte: Canal autobr

sexta-feira, fevereiro 21, 2014

Mahindra baixa os preços de Scorpio Pickup no Brasil!


Você que não sabe muito de carros nem deve saber que a Mahindra vende carros no Brasil, mas vende. A marca indiana baixou os preços da Scorpio Pickup, onde agora os consumidores poderão adquirir os modelos com taxa 0%. A Scorpio Pickup Cabine Simples reduziu seu preço de R$64.900 para R$62.900. Já o modelo Cabine Dupla 4x4 caiu de R$81.500 para R$76.500. Ambos pode ter bônus e pode se encontrar os modelos com preços menores ainda, como R$56.900 e R$69.500 respectivamente para as carrocerias. Elas são oferecidas com taxa 0% e com entrada de 50% e saldo em 24x. Segundo o presidente da Mahindra, Mario Mizuta, a redução nos preços "vale para os consumidores poderem ter uma verdadeira picape 4x4 Diesel, com um maior contingente de potenciais compradores". Em 2013, tanto a Scorpio Pickup como a Scorpio SUV aumentaram suas vendas.

Volkswagen exporta 50 unidades da Kombi Last Edition para o México!


Parece que não é só no Brasil que a Kombi fez sucesso. A Volkswagen exportou 50 unidades da "nossa" Kombi Last Edition para o mercado mexicano. O modelo que teve 56 anos em produção no Brasil foi para o México para ver se alguns compradores levam o modelo que saiu de linha por lá a mais de 20 anos. As 50 unidades deixaram o porto de Santos (SP) e devem chegar no mercado mexicano no próximo dia 25 de Fevereiro no México. Por lá ainda há entusiastas a procura pela Kombi. Com 1.200 unidades produzidas, a Last Edition não teve o sucesso esperado pela Volkswagen e agora o modelo vai para outro ou outro país(s). Ainda não se sabe o motivo da Kombi ter ido para lá, mas seria como uma "desova" das unidades de um dos carros mais velhos que estavam em produção, já que a partir de Março modelos sem ABS e Airbags não podem ser vendidos no Brasil.

PSA anuncia Recall para 308, 408 e C4 Lounge no Brasil!


A PSA está convocando os donos de Citroën C4 Lounge, Peugeot 308 e 408. Ambos possuem falha no módulo de controle do motor, que calibrado incorretamente e pode impedir o funcionamento do sistema de freios, podendo acarretar em graves acidentes. O modelo mais prejudicado é o C4 Lounge com 1.664 unidades avariadas, logo em seguida vem o 308 com 370 unidades e o 408 com 155 unidades envolvidas, todas com câmbio automático de 6 velocidades e com motor 2.0 16V Flex. Segundo a Citroën/Peugeot, uma falha no processo de calibragem pode gerar um vácuo insuficiente para permitir o funcionamento do sistema de freios quando o motor atinge 30ºC. Quando o condutor do veículo acionar o freio, o mesmo pode não ter reação quando o carro não responder ao freio. Os modelos C4 convocados foram produzidos entre 22 de abril e 05 de dezembro de 2013. As unidades do 308 envolvidas foram fabricadas entre 18 de abril e 5 de setembro de 2013, enquanto os 408 foram produzidos entre 18 de abril e 21 de agosto de 2013. Veja abaixo os chassis envolvidos.


Chassis

C4 Lounge Tendance e Exclusive - de EG500081 a EG537375
Peugeot 308 Allure - de EG000080 a EG035923
Peugeot 408 Allure - de EG000076 a EG032753

Papel de Parede: Geely EC7!


(Clique na imagem para ver em tamanho maior)

Tamanho da Imagem: 1600x1200

quinta-feira, fevereiro 20, 2014

Há 1 ano: BMW Série 6 Grand Coupé!


O Série 6 já é bem conhecido no Brasil, mas a um ano chegou a versão Grand Coupé, que deu um bom salto nas vendas do Série 6 no Brasil. Vendido nas versões 640i e M6, o Série 6 é hoje um dos sedãs mais bonitos do Brasil, graças ao seu estilo meio sedan meio coupé, assim como Mercedes-Benz CLS e Volkswagen CC. O modelo aumentou bastante as vendas do Série 6, que agora vende em média, cerca de 7 unidades mensais, o que é pouco, mas ajudou e muito e aumentou aquela média que era de 1 ou 2 unidades mensais. Em 2013 o modelo vendeu 87 unidades, com crescimento de 190%, ficando atrás apenas do CLS. O modelo custa hoje no mercado, cerca de R$399.950 e o M6 sai por R$579.950.

Audi mostra teaser do novo TT, que deve ganhar o mundo ainda este ano!


A Audi está mostra o teaser de como ficará o novo TT, que deve chegar ao mundo ainda este ano e ao Brasil logo em seguida. Estes desenhos de produção são as primeiras pistas de como o TT ficará em sua terceira geração, que quer relembrar a primeira geração, segundo a Audi. O coupé alemão não possui visual revolucionário, assim como quase todos os Audis são conservadores. O modelo virá com leds nos faróis e lanternas.


Já o interior deve ficar ainda mais belo. O modelo ganha um interior futurista, com tela no lugar do painel, que serve como velocímetro, conta-giros, além de usar central multimídia no mesmo lugar. Construído sobre a plataforma MQB, o novo TT deve ganhar sua versão em Março, no Salão do Automóvel de Genebra. No Salão do Automóvel no Brasil, o modelo pode até estar presente, mas ainda é incerto. Certo mesmo, é que ele chega ao Brasil em 2015...


Quantas unidades o Hyundai Veloster vendeu desde 2011 até Janeiro de 2014?


A Hyundai lançou em 2011 no Brasil o Veloster, modelo de design inconfundível que chegou ao Brasil causando muita polêmica com seu design ousado e as 3 portas. Logo depois do seu lançamento, o Veloster começou a chamar atenção por outro lado. A potência que a CAOA divulgava, não era realmente o que a marca falava, com 140CV no motor 1.6. Recentemente, a revista FullPower levou o Veloster para um dinamômetro e o modelo registrou apenas 116CV de potência e um torque muito aquém do esperado. Há 2 semanas, o Veloster e o Sonata saíram de linha no Brasil, mas o Veloster ainda volta no fim do ano, com novo motor que pode ser o 1.8 16V que rende 150CV ou o 1.6 Turbo de 204CV, sendo esse último o mais cogitado para chegar ao Brasil, o que apagaria o apelido que o carro tem no Brasil, que é "Lentoster"...

Vendas

2011: 3.956
2012: 5.099
2013: 4.136
2014: 289 (Janeiro)

Total: 13.480

quarta-feira, fevereiro 19, 2014

Chery Tiggo ganha câmbio automático, vendas começam em Março!


O Tiggo chegou por aqui em 2009 e desde então se pede uma caixa automática para o modelo, para quem sabe tentar aumentar o ritmo de vendas do SUV Compacto. A Chery atendeu aos pedidos e deve lançar no próximo dia 14 de Março, o câmbio automático de 4 velocidades para o Tiggo, que deve custar R$57.990. No dia 14, a empresa poderá avaliar o veículo e ver se a caixa apesar de velha, dá conta do recado. O modelo segue com o mesmo motor 2.0 16V à gasolina que rende 138CV de potência e 18,2kgfm de torque. Com isso a Chery se arma contra o Lifan X60, maior rival até então, que deve ganhar caixa automática somente em 2015. É uma boa hora da Chery aproveitar e fazer marketing do seu modelo com câmbio automático, enquanto não chega no rival...

Renault lança o Sandero Stepway Tweed, que deve marca como última série especial!


A última série especial dessa geração do Sandero, a Tweed chega especialmente para a versão Stepway do hatch compacto, que possui motor 1.6 8V Hi-Flex que rende 106/98CV de potência. Além disso, o modelo oferece apenas câmbio manual. A série limitada a 1.900 unidades traz alguns itens exclusivos, com destaque para os bancos revestidos de um tecido xadrez, de estilo retrô. Os preços partem de R$ 47.390, no caso do modelo com câmbio manual de cinco marchas e chegam a R$ 51.640 com automático de quatro. Visualmente falando, o Sandero Stepway Tweed não traz muitas mudanças, ao não ser as rodas escuras de 16 polegadas e a grafia "Tweed" no para-lama.


No interior ele remete um padrão xadrez foi adotado nas laterais dos bancos e das portas, bem como serigrafado no painel de instrumentos, com fundo branco no conta-giros e fundo preto no velocímetro, explorando o contraste das cores. O logotipo aplicado nos adesivos na lateral da carroceria e também no cluster lembram os monogramas de clássicos modelos antigos. A próxima geração do modelo chega por meados de Junho à Julho deste ano.


Ideias de preços para o Renault Captur!


Prometido para o Brasil ainda para este ano, o Renault Captur deve chegar ao Brasil com e meta de competir direto com o Chevrolet Tracker e as versões mais caras do Ford EcoSport. Com a proposta mais sofisticada que o Duster, o Captur chegará ao Brasil com preços na casa dos R$69.900 à R$74.900, preços que devem ficar acima da versão top do Duster, que no Brasil custa R$63.050. O Captur além disso deve chegar ao Brasil com motor 1.2 Turbo que deve render cerca de 120CV. O Captur é esperado para o Salão do Automóvel, e deve chegar logo depois as concessionárias, com a meta de vender algo próximo a 1.000 unidades mensais. Se vender bem, tem grandes chances de se tornar nacional, em 2015.

terça-feira, fevereiro 18, 2014

Cada vez mais caros! Chevrolet quer assustar o consumidor de Onix e Prisma!


Está ficando de assustar! A Chevrolet não tem mais controle no preço do seus compactos no Brasil. Quando foi lançado no Brasil em 2012, o Onix chegou por R$29.990. Agora, o mesmo carro, sem nenhuma alteração sai por incríveis R$33.900, um aumento de R$3.910 por apenas lucro. O Prisma também, quando chegou ao Brasil em sua nova geração tinha preço de R$34.990. Agora o mesmo sai por R$38.390! Isso mostra como a Chevrolet está aproveitando nas costas do consumidor, o preços dos seus novos modelos. Apesar de serem bons, ambos os modelos não valem o preço que cobram, estão seguindo a mesma fórmula de HB20 e HB20S. Mas as vendas já estão surtindo efeito, com a queda do Onix para 7º no ranking e o Prisma, que começa a perder o foco do TOP10 do mercado. Com isso, a concorrência aplaude o feito da Chevrolet.


Dodge Durango fica mais em conta e agora parte dos R$159.900!


Parece que a Dodge viu que os preços do Durango no Brasil não estavam muito sedutores aos clientes e por isso resolveu baixar o preço em R$20.000 para o modelo, enquanto o face-lift não chega, prometido para o Salão do Automóvel. Lançado nos primeiros dias de 2013, o Durango conseguiu vender 404 unidades em 2013, mostrando um bom ritmo, mas a Dodge quer mais. O modelo conseguiu vender uma média de 40 unidades por mês do SUV, mas parece que ela quer mais. A Dodge nunca ajudou muito o Grupo Chrysler, por contar apenas com o Journey e o Durando na gama da marca, mas para o fim do ano chega os primeiros automóveis da Dodge no Brasil, o Charger e Challenger. Voltando ao Durando, o modelo custava R$179.900 e agora sai por R$159.900 na versão Crew. A versão Citadel, passou a custar R$184.900, enquanto custava R$199.900, diminuindo R$15.000 da versão topo de linha.


Hyundai deixa de importar Sonata para o Brasil!


Parece que a Hyundai deixou mesmo de vender o Sonata no Brasil. O modelo chegou por aqui em Setembro de 2010 e desde lá começou a vender bem, intimidando o Ford Fusion, líder do segmento na época. Porém, com o tempo o Sonata foi perdendo o brilho e suas vendas foram paralisadas entre 2012 e 2013 no Brasil, quando voltou com visual levemente reformulado, e com preço bem mais alto, custando R$107.000. O modelo vendeu míseras 3 unidades em Janeiro de 2014, contra as mais de 1.300 do novo Fusion. Porém ainda há uma luz no fim do túnel para o Sonata. Prestes a ganhar sua nova geração, que deve ganhar as ruas de outros países ainda neste ano, o novo Sonata pode voltar ao Brasil em 2015, com visual inspirado no novo Genesis, mais bonito e imponente, tentando repetir o sucesso que ele fez durante os anos de 2010 e 2011. Será que ele consegue? E a CAOA, será que vai mudar, ou vai continuar a praticar preço absurdos?