domingo, maio 31, 2015

Substituto do XK, F-Type Coupé é um dos belos super-esportivos da Jaguar, quem sabe o mais bonito!


O Jaguar F-Type Coupé é de longe, um dos carros mais belos a venda no mercado nacional. O inglês chegou ao Brasil há um ano atrás e chegou como substituto do XK, outro coupé que saiu de cena no Brasil. O F-Type Coupé é oferecido com motores 3.0 V6 que rende 340cv, vai de 0 à 100km/h em apenas 5,3 segundos e velocidade máxima de 260km/h. Além da 3.0 V6 S, que é o mesmo motor da versão anterior, mas rende 380cv e vai de 0 à 100km/h em apenas 4,9 segundos e sua velocidade máxima é de 275 km/h. Quem quiser ainda mais esportividade tem o F-Type R, que tem motor 5.0 V8 Supercharged que rende 550cv de potência, capaz de levá-lo de 0 à 100km/h em apenas 4,2 segundos a atinge uma velocidade máxima de 300km/h, mostrando ser um dos esportivos mais velozes abaixo dos R$500.000. A versão Coupé pesa 20kg a manos que o Roadster, e isso ajuda e muito na aceleração de 0 à 100km/h e na velocidade máxima. Entre os itens de série, o F-Type Coupé vem com faróis verticais com lentes bi-xênon e LEDs integrados, assim como lanternas traseiras horizontais com parte central circular e proeminente. O modelo mais em conta sai por R$426.300.

Vídeos Automotivos: 1 minuto com o Mercedes-Benz Classe C 55 AMG (W202)!



Inscreva-se: Canal Garagem do Bellote

Fonte: Renato Bellote

Vídeos Automotivos: Test-Drive nos lançamentos da Mercedes-Benz, Classe C 63 S e AMG GT S!



Inscreva-se: Canal Garagem do Bellote

Fonte: Renato Bellote

Vídeos Automotivos: Relembre - Suzuki Swift GTI!



Inscreva-se: Garagem do Bellote

Fonte: Renato Bellote

Retrômobilismo#87: Fiat Elba tinha bom espaço interno, mas mesmo assim não agradou o brasileiro!


A Fiat Elba é um daqueles exemplos de veículos "injustiçados" pelo mercado. Isso por que a Elba não conseguiu o mesmo efeito das suas principais rivais, como Volkswagen Parati? A station compacta da Fiat chegava ao mercado para substituir a Panorama, que teve vida relativamente curta. Lançada em 1980, a Panorama resistiu até os últimos momentos e em 1986 entregou o "posto" para a Elba. Lançada em Março daquele ano, a Elba substituía a desajeitada Panorama, e com êxito. Ela tinha linhas harmoniosas e logo se tornou a líder do segmento no quesito espaço interno. Podia levar 610 litros em seu porta-malas e tinha acesso ao porta-malas, com uma seção central do para-choque integrada à tampa, solução criticada na época. As primeiras unidades da Elba saíam com rodas de alumínio usadas pela Fiat, com desenho que mais lembrava os de rodas comuns de aço. No fim do mesmo ano de seu lançamento, ganhava repetidores de pisca no para-lama. Era vendida nas versões S e CS.


A versão mais simples, S, poderia ter câmbio de 4 ou 5 marchas, além de contar com o motor 1.3 de 59cv e torque de 10kgfm. Esse motor levava 17,4 segundos para chegar a 100km/h e chegava a 148km/h. Já a CS vinha com motor 1.5, que usava carburador de corpo duplo que desenvolvia 71,4cv de potência com gasolina e 71,4cv de potência com álcool, que atingia 158km/h. Em ambos os casos o torque era de 12,3kgfm. Com esse motor ele ia de 0 a 100km/h em 14,8 segundos. Em 1988 trazia suspensão com geometria revista para menor desgaste dos pneus, os retrovisores externos mais amplos e os bancos dianteiros ganhavam novo sistema de rebatimento, mais leve e prático. Em 1989 era lançada a Elba CSL, versão luxuosa que ficava acima da CS e contava com motor 1.5 Sevel da Argentina, que pulava para 82cv de potência e torque de 12,8kgfm, com câmbio manual de 5 marchas. Essa versão tinha revestimento de veludo nos bancos, encostos de cabeça vazados e barras no teto.


sábado, maio 30, 2015

Kia Soul sobre outro reajuste. Mas acalme-se, ele fica R$10.000 mais em conta e parte dos R$84.900!


A Kia parece que se deu de conta que o preço da nova geração do Soul tinha preço surreal. Lançado há quase um ano no mercado, o modelo chegou ao mercado pelo preço de R$88.900 e logo em seguida ganhou uma nova central multimídia que aumentou seu preço para R$94.100. Já a versão topo de linha, que acrescenta teto solar duplo panorâmico e mais "mimos", tinha preço de R$98.100, agora sai da concessionária por R$88.900, ou seja, ambas as versões sofreram uma redução de R$9.200. Custando quase o mesmo que modelos de marca premium, a nova geração do Soul sequer conseguiu vender 60 unidades mensais, contra as quase 2.000 quando estava em seu auge no mercado. Assim, ele tem mais chances de sucesso, mas mesmo assim não deve vender muito. Equipado com motor 1.6 16v Flex que desenvolve 128/122cv e torque de 16,5/16kgfm de força, acoplado a um câmbio automático de 6 velocidades, o Soul vem bem equipado e possui painel bem acabado, mas o preço dita se o modelo deve fazer sucesso ou não. Com a atual situação do mercado, a Kia acabaria "matando" o Soul no mercado. Com esses preços menores, o "quadrado" deve se tornar um pouco mais atraente. Se o preço subir novamente, esqueça-o.


Sem fábrica uruguaia e para dar maior espaço a New QQ, Chery pode retirar o Face de linha até final de 2015!


Lançado em 2010, o Chery Face foi o primeiro veículo de sucesso da Chery, que conseguiu emplacar mais de 700 unidades mensais em seu auge no mercado brasileiro. Mas um erro estratégico pode colocar o hatch "altinho" em uma situação bem complicada. Isso porque o Face pode dar adeus ao mercado brasileiro até o final de 2015. Sem produção uruguaia depois do fim da Chery-Socma, o Face deve sobreviver a base de unidades de estoque, uma vez que a Chery fica na dúvida de trazer o modelo da China. Isso porque ele competiria com o New QQ, que custa R$31.990 e o Face certamente não teria espaço como antes. Fato que evidencia isso é que o Face sequer consta no site da Chery, que mostra apenas o New QQ, Tiggo, Celer Hatch e Celer Sedan. Com preço de R$29.990, o Face foi o primeiro chinês com motor Flex, o 1.3 16v Flex, que desenvolve 91/90cv de potência e torque de 13,2/13,1kgfm, acoplado a um câmbio manual de 5 marchas. O Face ainda pertence a antiga fase da Chery, de carros mais "problemáticos", que não consegue se manter junto aos atuais, que passam maior confiabilidade. O Face ainda não teve o fim de linha decretado oficialmente pela Chery, mas o simples fato de sobreviver de estoques e ter saído do site da Chery é um grande sinal do adeus do hatch...


Apresenta no Salão de São Paulo, nova geração da Citroën C4 Picasso chega no segundo semestre!


Sem novidades para 2015, a Citroën deve dar maior atenção para seus modelos importados. Apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo em 2014, a nova geração do C4 Picasso e Grand C4 Picasso devem chegar ao Brasil no segundo semestre, mas sem data definida. Feita a partir sobre da plataforma modular EMP2, que perdeu 140kg, a nova C4 Picasso adotaria no mercado o motor 1.6 THP de 165cv e torque de 24,5kgfm, associado a um câmbio automático de 6 velocidades, que é um avanço muito grande em relação ao 2.0 16v de 143cv e o câmbio automático de 4 velocidades da antiga geração. A C4 Picasso chegará ao mercado em duas versões de acabamento: a Intensive e a Exclusive. A primeira deve chegar ao Brasil pelo preço de R$100.000 (estimado) enquanto a outra deve ser vendida pelo preço de R$115.000 (estimado). Já a Grand C4 Picasso chega em versão única, Exclusive, com preços na casa dos R$130.000 (estimado). Todas as versões vem muito bem equipada, com tela touch screen de 7" polegadas, com navegação GPS, teto panorâmico, faróis e lanternas em LEDs entre outros recursos tecnológicos. Assim, torna-se uma das minivans médias mais baratas do segmento.


Grand C4 Picasso e o interior centralizado...


Com mudança de rivais, nova Ford Ranger deve chega no fim do ano, entre Outubro a Dezembro!


Apresentada em Março, a nova Ford Ranger já tem uma data para chegar ao mercado brasileiro: fim do ano. A Ford confirmou investimentos na fábrica argentina de Pacheco, que produz Focus e Ranger e confirmou que a picape chega renovada ainda em 2015, trazendo um novo conjunto frontal, enquanto a traseira permanece sem mudanças e o interior também recebe upgrades. A Ford não detalhou quais serão os carros que serão montados na unidade de produção, mas o Ministério da Indústria da Argentina confirma que se trata das versões renovadas de Focus e Ranger. O face-lift proporciona a Ranger, novos faróis com projetores, grade dianteira hexagonal e para-choque dianteiro. A lateral ganha apenas novas rodas de liga leve enquanto a traseira segue inalterada. Assim a Ranger fica igual ao SUV Everest na dianteira, que deriva da picape. O interior também recebe melhorias e ganha nova central multimídia com tela touch screen de 8" polegadas, painel de instrumentos digital nas versões mais caras e novo padrão de acabamento. A suspensão passou a ter mais conforto e dirigibilidade e aplicou uma versão atualizada da direção elétrica (EPAS). No Brasil, a mecânica não deve mudar e segue os mesmos 2.5 16v Flex de 175/173cv e o 3.0 Diesel de 200cv, com câmbio manual ou automático, ambos de 6 velocidades.


Antes do face-lift, Chevrolet deve lançar série especial para Cobalt, chamada de "Graphite"!


Com visual já ultrapassado, a Chevrolet deve reforçar a linha do Cobalt antes dele receber um face-lift que deve deixá-lo mais atual. Segundo o site Autos Segredos, o Cobalt deve ganhar a série especial Graphite, que deve funcionar como versão topo de linha do sedã, acima da LTZ. No design, a Chevrolet deve dar atenção aos detalhes e fazer jus ao nome da versão. O sedã deve ganhar rodas de liga leve de alumínio com aro de 15" polegadas na cor Grafite, faróis com lâmpada "Blue Vision", aerofólio traseiro, adesivo na coluna central em preto com o nome da versão entre outros. No interior, as mudanças ficam por conta dos bancos, que terão revestimento "premium", além de painel escurecido (IP, Console, Carpete) e adesivo de soleira aluminizado. Ele deve trazer todos os itens da versão LTZ, que conta com o sistema multimídia MyLink. A série especial estará disponível somente para a versão com motorização 1.8 8v Flex e poderá contar com opção de câmbio manual de 5 marchas e automático, de 6 velocidades. Além da cor Grafite, o Cobalt Graphite pode vir nas opções de cor Branco Summit, Bege Peper Dust, Prata Switchblade e Preto Carbon Flash. Essa série especial deve custar na casa dos R$60.000 com câmbio manual...


Fonte: Autos Segredos

Atrasado, empréstimo da Bahia pode levar JAC a ter fábrica na baixada fluminense, no Rio de Janeiro!


Segundo o site Valor Econômico, a fábrica da JAC pode ganhar um novo destino. Devido a atrasos do empréstimo do governo baiano. No entanto, a JAC Motors até agora não conseguiu erguer sua fábrica na região metropolitana de Salvador, embora o terreno já tenha sido terraplanado e as licenças ambientais adquiridas. A empresa teria dado todas as garantias pedidas pelo governo local, mas a agência de desenvolvimento estadual não liberou até agora o empréstimo acordado de R$120 milhões, necessário para o início das obras. Os representantes da JAC se reuniram com os executivos do estado do Rio de Janeiro para erguer uma fábrica na baixada fluminense, mas essa fábrica ainda seria uma incógnita. A prefeitura da cidade reforça o ponto estratégico de uma fábrica na região, devido a ser próximo do porto Itaguaí e do Arco Metropolitano do Rio de Janeiro. Porém a baixada fluminense disputa com as cidades ao norte do estado do RJ, São João e Barra, que ficam próximas do Espírito Santo (ES) e tem chamado mais atenção do governo local. Porém não se sabe se essa fábrica pode ser de veículos ou de caminhões, devido ao atraso da fábrica de Camaçari (BA), que era prevista para funcionar a partir de 2015, mas sequer começou a ser construída.


Fonte: Valor Econômico

Picape SantaCruz Concept, da Hyundai deve ter plataforma da nova geração do Tucson!


Ao que tudo indica, a picape compacta-média da Hyundai, até então conhecida apenas pelo conceito SantaCruz Concept, deve ganhar realidade. Depois de Dave Zuchwski, CEO da Hyundai para América do Norte, afirmar que o modelo já tem 90% de aprovação dos consumidores, o modelo deve compartilhar a plataforma e vários componentes com a nova geração do Tucson. O modelo de produção da SantaCruz deve ter carroceria de Cabine Estendida com possíveis portas suicidas e Cabine Dupla. O design não deve fugir muito do modelo conceitual e deve ter motor gasolina ou a diesel. O próprio conceito tinha motor 2.0 Diesel que entregava 192cv e torque de 41,4kgfm, com tração permanente HTRAC e com consumo na casa dos 12,8km/l. Apresentada no último Salão do Automóvel de Detroit, nos EUA, a SantaCruz deve se tornar realidade em 2017, para os EUA. Ela deve chegar a outros países, como o brasileiro, que em 2015 deve receber duas representantes: a Renault Oroch e a Fiat FCC4 e a SantaCruz deve se tornar uma forte concorrente nesse segmento que recém está nascendo.


Nova geração da central multimídia da Chevrolet, o MyLink, deve ter acesso a Skype, WhatsApp e Spotify!


A Chevrolet está apresentando a nova geração da central multimídia MyLink nos EUA, que deve trazer ainda mais interatividade com o condutor. A nova geração do sistema é compatível com os sistemas operacionais da Android Auto, Google, CarPlay, da Apple, a nova versão terá maior integração entre as funções do smartphone e do sistema multimídia do carro. A vantagem é que diversos recursos podem ser acionados por comando de voz, ajudando a manter por mais tempo o foco no trânsito e as mãos no volante. Através do novo MyLink, o condutor poderá usufruir de novos apps na central, como Skype, WhatsApp e Sportify. Além disso, o novo MyLink pode ditar e ouvir mensagens de texto, fazer buscas como restaurantes e outros pontos de interesse, procurar rotas de trânsito entre outros. Segundo Mary Barra, CEO da GM, “Para a maioria de nós, nossos smartphones são essenciais. A parceria com Apple e Google para oferecer compatibilidade com o CarPlay e Android Auto na maior gama de veículos da indústria é um excelente exemplo de como a Chevrolet continua a democratizar tecnologias que são importantes para nossos clientes”. A nova geração do MyLink deve estrear na nova geração do Cruze, e deve chegar ao Brasil, em 2016.


Com proximidade do lançamento, Ford dá descontos de até R$17.000 a Focus Sedan e Focus Hatch!


Com a proximidade do lançamento do renovado Focus no mercado brasileiro, em Junho na Argentina (com apresentação no Salão de Buenos Aires) e lançamento no Brasil em Julho, o atual Focus está sendo vendido com descontos generosos no Brasil, que chegam quase a R$17.000 no caso do Focus Sedan e de quase R$16.000 no caso do Focus Hatch. No entanto, a campanha começa com empresas fornecedoras da Ford, com abatimento médio de 17% para o sedã e 13% para o hatch. O maior desconto é o da versão Titanium Plus do Focus Sedan, que chega a R$16.810. A Ford criou um plano para esse grupo de clientes com entrada de 60% e prazo de 12x, 24x ou 36x vezes sem juros. Com isso, o preço do Focus Sedan Titanium Plus, que tinha preço de R$98.900, é oferecido por R$82.090. A versão de entrada do Focus Sedan, a SE, caiu de R$82.900 para R$68.805, abatimento de R$14.095. No caso do Focus Hatch, a versão topo de linha era oferecida por R$95.900, está com desconto de R$15.450 e sai por R$80.450. Já a versão de entrada, com motor 2.0 16v Flex, do mesmo custava R$79.900 e agora sai por R$69.515, a 2.0 SE que desenvolve 178/175cv. É de se esperar que as vendas dos médios suba em Maio, faltando algumas horas para o encerramento de Maio. Os descontos devem permanecer até o fim dos estoques.


Descontos
Focus Hatch
2.0 Titanium Plus – De R$95.900 por R$80.450 (R$15.450)
2.0 Titanium – De R$87.900 por R$76.470 (R$15.450)
2.0 SE – De R$79.900 por R$69.515 (R$10.385)
Focus Sedan
2.0 Titanium Plus – De R$98.900 por R$82.090 (R$16.810)
2.0 Titanium Plus – De R$90.900 por R$75.450 (R$ 15.450)
2.0 SE – De R$82.900 por R$68.805 (R$14.095)

Fonte: Notícias Automotivas

sexta-feira, maio 29, 2015

Substituto do Fiesta RoCam, Ford comemora 100.000 unidades da linha Ka em 9 meses de mercado!


Sucesso de vendas, a linha Ka da Ford mostra-se um grande sucesso comercial e já emplaca 100.000 unidades da dupla em cerca de 9 meses. Segundo a Ford, desse total, cerca de 78.000 unidades correspondem ao Ka, enquanto outras 22.000 unidades são do Ka+. Com fortes rivais como Chevrolet Onix/Prisma e Hyundai HB20/HB20S, a dupla da Ford pode ser vendidas com motores 1.0 12v Flex de 85/80cv de potência e o 1.5 16v Flex de 115/110cv, sempre com câmbio manual de 5 machas. Segundo Oswaldo Ramos, gerente geral do marketing da Ford, “O Ka chegou a 50.000 unidades em apenas cinco meses e precisou de só mais quatro para dobrar esse número. É uma conquista muito significativa e que mostra a força do produto, principalmente por ter sido alcançada em um período de queda da indústria”. Projetado no Brasil, a nova geração do Ka trouxe tecnologias para o segmento, como o App Link, Sync, ESP, Assistente de Emergência, controle de tração entre outros. Atualmente o Ka possui preços de R$38.990 a R$47.590, enquanto o Ka+ custa de R$41.990 a R$50.590. Em breve a linha Ka deve chegar a países asiáticos e europeus.


Recém lançado, Lexus convoca 23 proprietários do NX para recall, com defeito nos freios ABS!


A Lexus está convocando 23 donos do recém lançado NX, apresentado ao mercado em Março desse ano no Brasil. Segundo a Lexus, o recall envolve as versões Luxury e F-Sport. Segundo a Lexus, os modelos envolvidos foram fabricados entre 18 de Dezembro de 2014 a 04 de Fevereiro de 2015, que deverão retornar a uma concessionárias mais próxima, com possibilidade de ocorrer um mau funcionamento do freio ABS, componente que é responsável pelo controle dos sistemas de freios antitravamento, de tração e de estabilidade do veículo, que se não for reparado, aumenta o risco de colisão. Segundo a Toyota, os donos poderão levar seus modelos a uma concessionária para primeiramente, realizar uma inspeção e se necessário, realizar a substituição do componente defeituoso, no caso o atuador do ABS. Os proprietários deverão entrar em contato com a rede de assistência da Lexus/Toyota para agendamento prévio da substituição gratuita. O agendamento para substituição das peças começa no dia 8 de Junho. Para maiores informações, os consumidores podem acessar o site da Lexus (www.lexus.com.br) ou pelo 0800 (0800-703-0206).


Final dos Chassis


Vazam as primeiras unidades dos novos Peugeot 308 e 408 sendo fabricados em El Palomar, sem camuflagens!


Eis as primeiras imagens dos novos médios da Peugeot, que devem ser lançados oficialmente no Salão do Automóvel de Buenos Aires, a partir do dia 19 de Junho. Visualmente falando, ambos passaram por um face-lift mais profundo. O 308 (modelo branco, foto acima), recebe novos faróis com novo formato, grade dianteira, capô, para-lama dianteiro e novos para-choques dianteiros, com LEDs diurnos. As imagens foram publicadas no Facebook, através da página Ferd e foram feitas na fábrica da PSA em El Palomar. Além da dianteira, o 308 deve receber novo layout das lanternas traseiras e novo interior. Ao contrário do que se imaginava, a Peugeot deve trazer poucas novidades no interior dos médios. Aparentemente, a única diferença fica por conta da central multimídia, item inexistente nos modelos atuais, que devem estar presentes para a dupla.


Já no caso do 408, que recebeu mais "cliques", as mudanças seguem o mesmo padrão do 308. Novos faróis dianteiros, grade dianteira com logo centralizado e na grade (antes era no capô), LEDs diurnos, novas rodas de liga leve, capô e novo para-lama dianteiro. Entre outras mudanças, o 408 deve receber LEDs nas lanternas traseiras, em três divisões verticais, imitando garras do leão. O interior também recebe as mesmas mudanças do 308, com a nova central multimídia, que deve ter GPS e vários outros sistema de entretenimento. Na gama de motores, o 308 deve oferecer 3, sendo o 1.6 16v FlexStart de 122/116cv de potência e câmbio manual, o 2.0 16v Flex de 151/143cv de potência e câmbio automático de 6 velocidades e o 1.6 THP Flex, novidade que fica para 308 e 408, que passa a desenvolve 173/165cv de potência, também com câmbio automático de 6 velocidades da AISIN. Ambos devem ser lançados em Julho.


Mais imagens...


Fotos: Ferd e AutoBlog.ar

Atual geração do Hyundai SantaFé é flagrada com face-lift na Coréia do Sul sem nenhuma camuflagem!


A atual geração do Hyundai SantaFé, apresentada em 2012, deve passar por um face-lift na Coréia do Sul muito em breve. O SUV Grande deve ganhar pequenas novidades no design, como novos faróis, novo para-choque dianteiro e traseiro com novo suporte das luzes de neblina dianteiras e traseiras. Na traseira terá novo layout das lanternas e saídas de escape retangulares, enquanto a cabine vai receber uma tela multimídia maior e novos botões no console central. As fotos foram feitas pelo site The Koren Car e foram flagradas no estacionamento da fábrica da Hyundai em seu país de origem. Reestilizado, o novo SantaFé deve ser apresentado nas próximas semanas na Coréia do Sul e deve chegar ao país sul-coreano no final de 2015, enquanto o Brasil recebe a novidade em 2016, no primeiro semestre. A linha de motores não deve mudar. O Brasil, por exemplo, deve seguir com o 3.3 V6 a gasolina que desenvolve 270cv de potência e torque de 34,1kgfm, associado a um câmbio automático de 6 velocidades. Atualmente ele custa R$157.990 e com esse face-lift, a tendência é que os preços aumentem, ainda mais que o utilitário deve ganhar novos itens de série.


Fotos: The Korean Car

Zotye confirma o Z500 para o Brasil através de Facebook, que chega em Outubro de 2016!


A Zotye já começou a importar veículos para o Brasil desde o início desse ano. O lançamento oficial deve ocorrer ao decorrer de 2015, mas a Zotye já começa a trazer seus futuros lançamentos. Um deles é o sedã Z500, que deve chegar ao Brasil em Outubro de 2016, segundo a própria Zotye. A marca chinesa confirmou através de sua página no Facebook, que o Z500 (que obviamente deve receber outro nome, assim como a Zotye confirmou em Janeiro) deve trazer duas opções de motores: o 1.5 Turbo de 150cv de potência e 19,8kgfm de torque câmbio manual e o 2.0 Turbo de 190cv, com câmbio automático CVT, de 5 velocidades. O "Z500" destaca-se pelas suas dimensões, de 4,75m de comprimento, 1,81m de largura, 1,49m de altura e 2,75m de entre-eixos, o modelo se destaca pelos faróis com LEDs diurnos (que também estão presentes na luz de direção de seta nos retrovisores e nas lanternas) e grande espaço interno. Traz como destaques entre os itens de série, a central multimídia touch screen, ar-condicionado digital, ABS, Airbag Duplo (não há detalhes se possui mais) entre outros itens. Preço? Chute algo próximo dos R$60.000 na versão de entrada, com motor 1.5. Já no caso do 2.0, o Z500 deve custar algo em torno dos R$68.000 e deve brigar com os sedãs compactos premiuns, segmento que já possui muito representante chinês, como JAC J5 e Geely EC7.


De volta ao mercado, alemã Borgward quer se fixar com mercados emergentes. Chega no Brasil entre 2017 a 2018!


Mais uma marca deve voltar a vida em Setembro. Com sua reestreia para o Salão do Automóvel de Frankfurt, em Setembro, a Borgward deve voltar a ativa com um SUV, devido a grande demanda desse segmento atualmente. Ressuscitada pelo neto do fundador, Carl F. W. Borgward, Christian Borgward já nomeou Ulrich Walker (ex-Daimler) para chefiar a “nova” marca. O novo modelo está em fase bem avançada de desenvolvimento e a Borgward quer uma crescente gama de veículos, uma vez que ela tem pretensões de lançar 3 veículos por ano, com a tentativa de se expandir pelo mundo, dando atenção a mercados emergentes, como o Brasil. Atualmente a Borgward tem 1.000 engenheiros envolvidos no desenvolvimento deste SUV, tanto na Alemanha quanto na China, onde chegará primeiro. O primeiro veículo da marca começa a ser produzido na China em 2016 e deve chegar ao Brasil entre 2017 ou 2018. Na China, a Borgward já empregou 2.500 pessoas, enquanto a Alemanha terá um time de 150 funcionários. Apesar de não ter conhecido seu avô, Christian Borgward foca no dinamismo do fundador para abrir um novo capítulo na história automotiva germânica. Boa sorte, Borgward.


Fonte: Notícias Automotivas

Audi inaugura centro de treinamento em São Paulo, para crescer 35% até o ano de 2020 no Brasil!


Para crescer até 35% em 2020, a Audi Brasil começa investir mais no mercado brasileiro. Com 21 anos de Brasil, a marca alemã lança um centro técnico em São Paulo (SP). O novo Centro de Treinamento e Competência Tecnológica (como a Audi o denomina), deve receber R$10.000.000 em investimentos até 2016 e tem capacidade para treinar mais de 500 funcionários da companhia, desde vendedores e mecânicos, até engenheiros. O objetivo é dobrar a formação de empregados certificados pela Audi AG da Alemanha, chegando a 1.800 anualmente. O antigo CT da Audi, localizado na cidade de Jundiaí (SP), era compartilhado com o Centro de Distribuição de Peças da marca. Com a separação, a capacidade de estocagem da companhia foi ampliada em 15%. O novo CT da Audi Brasil faz parte do plano de vender até 30.000 unidades por ano até 2020, a metade que a marca pretende vender em 2015, que são 15.000 unidades. Até o fim de 2015, a Audi deve inaugurar 9 concessionárias, chegando a 50, abrindo outros 17 pontos de venda até 2020. Os principais modelos que marcam essa expansão da Audi é o A3 Sedan e o Q3, ambos serão nacionalizados até 2016. O primeiro deve ser feito no Brasil até o fim desse ano, na fábrica de São José dos Pinhais, (PR).


Nova geração do Audi A4 deve ter motores entre 120cv e 326cv e deve ser lançado em Setembro, durante Frankfurt!


A nova geração do Audi A4 deve chegar ao mercado global apenas em Setembro de 2015, durante o Salão do Automóvel de Frankfurt. Feito sob a plataforma MLB, o novo A4 deve trazer importantes mudanças. Ele deve trazer faróis de LEDs, além de um design mais esportivo, para tentar ofuscar rivais como BMW Série 3 e Mercedes-Benz Classe C. Na traseira, o destaque deve ficar para as lanternas, mais recortadas. Já no interior, o grande destaque do novo Audi A4 será o Audi Virtual Cockpit, similar ao encontrado na nova geração do Audi TT. No entanto, ele não deverá excluir a tela retrátil de multimídia sobre o painel. O painel ainda lembra a nova geração do Q7, em especial o volante, além de uma alavanca de câmbio do motor diferenciada.


Com motores a gasolina, diesel ou híbrida do tipo plug-in, a nova geração do Audi A4 vai entregar entre 120cv e 326cv de potência, sendo esta última na versão 2.0 TDI e-tron. As imagens são da revista Quattroruote mostra como deverá ser o sedã, sendo feita baseada em flagras do exterior e interior. Com cerca de 100kg a menos, o novo A4 deve receber outros destaques, como o head-up display e a nova central multimídia. O novo A4 também deve estrear a segunda geração do motor 2.0 TFSI, desenvolve 190cv (antes os 180cv, ou seja, 10cv a mais) e torque de 32,6kgfm, disponíveis a 1.450rpm, que também é maior quando comparado aos 30,6kgfm do modelo atual.


Projeção: Revista Quattroroute

Fábrica da Fiat em Betim, Minas Gerais, deve paralisar por 5 dias em Junho, para diminuir estoques!


A fábrica da Fiat deve interromper as operações fabris mais uma vez no mercado no próximo mês. Segundo a italiana, a maior fábrica do Grupo FCA deve parar de fabricar grande parte de seus veículos entre os dias 08 a 12 de Junho, no total de 5 dias parados. O número de funcionários afetados pela medida não foi confirmado, mas é certa que boa parte dos quase 19.000 funcionários será atingida. O objetivo dessa paralisação é ajustar os estoques às demandas de mercado. Atualmente, a fábrica produz quase toda a linha de veículos da Fiat: Palio Fire, Palio, Siena, Grand Siena, Punto, Linea, Doblò, Fiorino, Uno, Bravo, Idea, Weekend e Strada. Ali só não são produzidos 500 e Freemont, que vem do México. A medida, como era de se esperar, tem apenas a função de diminuir os grandes estoques de carros nos pátios, se é que isso deve revolver a situação por muito tempo. Recentemente, no último dia 07 de Maio, a fábrica também paralisou a produção de todos os veículos para diminuir os estoques. Segundo o secretário-geral do Sindicato dos Metalúrgicos de Betim e Região, José Nunes, "a situação é preocupante e o pessoal fica muito apreensivo". Perspectivas de melhora são esperadas apenas para o segundo semestre, mas sem nenhuma definição.