domingo, junho 25, 2017

Vídeos Automotivos: Avaliação do Fiat Argo 1.0 Drive

Vídeos Automotivos: Salão de Buenos Aires - Audi Q2,Toyota C-HR, Renault Kwid, Chevrolet Equinox e outros

Vídeos Automotivos: Avaliação do Renault Captur X-Tronic CVT

Vídeos Automotivos: Test-Drive no Hyundai HB20 1.6 Automático

Vídeos Automotivos: Test-Drive na Chevrolet Trailblazer LTZ 3.6 V6

Vídeos Automotivos: Release do novo Peugeot 3008

Vídeos Automotivos: Release do Renault Captur 1.6 SCe X-TRONIC CVT

sábado, junho 24, 2017

Volkswagen oficializa a produção de Polo e Virtus no Brasil na fábrica de São Bernardo do Campo (SP)


A Volkswagen confirmou oficialmente a produção do Polo e do seu sedã Virtus no Brasil na fábrica de São Bernardo do Campo (SP). O hatch e o sedã devem trazer tecnologias de ponta para produzir o modelo global no país e que o lançamento do Polo marca o início da renovação da linha Volkswagen no Brasil, que só deve finalizar o ciclo depois de 2020. “Estamos construindo a Volkswagen do futuro. Estamos reposicionando nossa marca e preparando o lançamento de grandes novidades, com foco total no cliente. Fizemos no ano passado uma das maiores reestruturações da Volkswagen desde sua instalação no Brasil. Entre as ações, em todas as fábricas, foram firmados acordos trabalhistas com os sindicatos, com validade pelos próximos cinco anos, que permitiram redução de custos, readequação de efetivo e aumento de nossa flexibilidade. A Volkswagen é a primeira a firmar acordos de cinco anos em todas as suas unidades. Graças a uma relação madura com os sindicatos, não tivemos nesse processo de negociação nenhum dia de greve. O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC teve uma atuação de vanguarda na construção deste modelo de acordo com a Volkswagen, acordo este que assegura a produção do Novo Polo e também de um novo sedã na unidade Anchieta. Trabalhamos agora com o objetivo claro de sermos uma empresa muito mais rápida, enxuta e eficiente. Mais do que um carro, o novo Polo também marca também o lançamento de uma nova Volkswagen no país”, diz David Powels, presidente e CEO da Volkswagen do Brasil e América do Sul (SAM). Segundo Powels, a fábrica da VW recebeu parte do investimento de R$7 bilhões previstos até 2020. O novo Polo conta com 4,05 metros de comprimento, 2,56 metros de entre-eixos, 1,75 metro de largura e 1,45 metro de altura, com porta-malas de 351 litros, um ganho de 71 litros em relação a quinta geração. Segundo a Volkswagen, o atual Polo se equivale ao Golf 4 de 1998 em termos de dimensões. Feito sobre a plataforma modular MQB-A0, o Polo conseguiu ficar maior, mas seu design deixa com a sensação dele ser maior do que realmente é, recebeu o apelido da VWBR de "mini-Golf".


Por alta demanda, Renault aumenta de 400 para 2.000 unidades do Kwid em pré-venda até dia 31 de julho


A Renault não esconde o jogo sobre o desempenho e o interesse que o Kwid tem causado. O hatch que estreia em agosto acaba de passar por aumento das unidades de pré-venda. O hatch passou de 400 unidades reservadas para a pré-venda para 2.000 unidades. A pré-venda do hatch começou dia 9 de junho durante o Salão de Buenos Aires e iam até dia 31 de julho. Elas seriam entregues a partir de agosto. Observando a demanda entre o dia 09 e 11, porém, a marca decidiu ampliar o limite da pré-venda de 400 para 2.000 unidades. Segundo o site, este é o limite final para a pré-venda do subcompacto. Além de ser novidade, o que chama atenção no Kwid é seu preço inicial de R$29.990 e que chega a R$39.990 na versão completa, vendido apenas na cor sólida Branco Neige. As demais precisa pagar R$1.400 a mais no preço final. Mesmo assim, o Kwid pode chegar a R$41.390. Para a pré-venda, o interessado deve pagar um sinal de R$1.000 que pode ser pago em três vezes no cartão de crédito ou na própria concessionária. A entrega do hatch será feita em dois momentos. As primeiras 400 unidades devem ser entregues em agosto e da 401 a 2.000, serã entregues em setembro, durante trinta dias. O Kwid terá três versões de acabamento: Life, Zen e Intense, nas opções de cores: Orange Ocre, Vermelho Fogo, Branco Marfim, Branco Neige, Prata Étoile e Preto Nacré. A Renault ressalta que o Kwid se destaca pela posição de dirigir e pela altura em relação ao solo, de 18cm. Além disso, os ângulos de entrada de 24º e de saída, de 40º. O hatch possui 3,68 metros de comprimento, 2,42 metros de entre-eixos, 1,58 metro de largura e 1,48 metro de altura, com espaço no porta-malas de 300 litros, construído sobre a plataforma CMF-A, o peso do hatch deve ficar entre 850kg a 950kg. O motor será o 1.0 12v Flex que desenvolve 70/66cv de potência e torque de 9,8/9,4kgfm, bem como se tinha antecipado que o motor do Kwid seria mais fraco que os de Sandero e Logan, mas a ideia não era a das mais fortes. O consumo, segundo a Renault, é de 15,2km/l com gasolina e 10,5km/l com etanol, em suas médias.


Audi confirma início da pré-venda da nova geração do A5 Sportback para 1º de julho e entregas em agosto


Apresentado no Salão de Paris de 2016, a segunda geração do Audi A5 começa a desembarcar no Brasil. O sedã coupé começa a ser vendido em regime de pré-venda a partir do dia 1º de julho, quando detalhes sobre o mesmo devem ser revelados. Até o momento apenas as duas imagens desse post foram divulgadas. O lançamento também deve acontecer em julho e as primeiras unidades começam a ser entregues a partir de agosto. Primeiramente o A5 chega com a carroceria Sportback e nas versões Attraction e Ambition, com motor 2.0 TFSI de 190cv de potência na versão de entrada e 252cv de potência na segunda. A nova geração dos A5 contam com novos faróis com uma ligeira curvatura na parte superior e iluminação por LED ou tecnologia Matrix LED, grade Singleframe hexagonal com filetes horizontais em alumínio, para-choques com formato agressivo, vincos marcantes no capô e nas laterais e lanternas traseiras afiladas de LED invadindo a tampa do porta-malas. No interior, as novidades ficam por conta do refinamento e dos novos itens de série como o Virtual Cockpit e maior espaço para os ocupantes. Construído sobre a plataforma MQB, ele ficou 60 milímetros na distância entre-eixos passando para os atuais 2,82 metros e o porta-malas agora é de 480 litros e chega aos 1.300 litros com os bancos rebatidos. Entre os novos itens de série há o sistema de som Bang & Olufsen 3D com 19 alto-falantes, 16 canais e 755 watts de potência, sistema multimídia com tela de 10,1 polegadas, Apple Carplay e Android Auto, controle de cruzeiro com auxílio de engarrafamento, sistema de frenagem de emergência, entre outros. Aqui ele deve ser equipado com motor 2.0 TFSI que desenvolve 190cv de potência com torque de 32,6kgfm ou 256cv de potência com torque de 37,7kgfm. Esse último acelera de 0 a 100km/h em 6 segundos e chega a velocidade máxima de 250km/h, limitada eletronicamente. A Audi espera vender entre 400 a 500 unidades até o final do ano e os preços estimados ficam entre R$260.000 a R$290.000.


Mercedes-Benz lança Classe E 63 AMG S no Brasil como versão topo de linha por R$699.900


A Mercedes-Benz está lançando no mercado brasileiro o Classe E 63 AMG S, que chega pelo preço de R$699.900. O sedã em sua versão mais esportiva chega na versão S, com traz cavalos e torque a mais. O sedã passou a contar com o motor 4.0 V8 biturbo que desenvolve 609cv de potência no modelo S. O Novo E63 S entrega 86,4kgfm de torque, acoplado ao câmbio é de dupla embreagem AMG SPEEDSHIFT 9-DCT de 9 velocidades, além de tração integral 4MATIC. Com esses conjuntos ele acelera de 0 a 100km/h, os novos Mercedes-AMG E63 e E63 S 2017 precisa de 3,4 segundos. A máxima é de 300km/h. Para poder economizar combustíveis, eles contam com sistema de desligamento dos cilindros, podendo desativar de dois até os oito pistões, buscando assim a máxima eficiência energética. Já no controle, o E63 S 2017 vem com tração 4MATIC on-demand tendo geralmente 100% da tração traseira, mas variando as forças entre os eixos de acordo com a condução. No E63 S, o modo de competição desliga completamente o ESP e transfere toda a força para as rodas traseiras. Para o S, há ainda o modo Drift, justamente para quem não tem dó dos pneus e quer andar de lado. No design, destaque para as caixas de roda mais largas para poder trazer as novas rodas de liga leve com aro de 19", mas ainda há opção de rodas com “center lock”, aquela fixação por parafuso único central , forjadas e de 20″. Elas também abrigam freios de até 390 mm de diâmetro com pinças de seis pistões na frente, com opcional de carbono-cerâmica de 402 mm. Na dianteira, destaque para as grandes entradas de ar no para-choque e spoilers e difusores que cumprem a função de diminuir o barulho do vento em altas velocidades, com uso de fibra de carbono. O E 63 AMG conta com suspensão com molas a ar, com regulagem de altura e rigidez conforme escolha do motorista ou automaticamente, com três modos pré-programados. Com o AMG Dynamic Select, é possível alterar respostas de motor, câmbio, controle de tração e estabilidade, tração e da suspensão com 4 modos (Comfort, Sport, Sport Plus e Individual) na E63 e a adição do modo Race na S. A caixa de direção possui relação variável, assim como seu peso.


Preço

  • Mercedes-Benz Classe E 63 AMG S 4.0 V8 AT9 - R$699.900



FCA convoca recall de 88.957 unidades do Jeep Renegade com defeito no freio de estacionamento elétrico


A FCA está convocando um recall que envolve 88.957 unidades do Renegade no mercado brasileiro. O SUV Compacto deve voltar a uma concessionária mais próxima para solucionar um problema identificado no freio de estacionamento elétrico. As unidades envolvidas no recall foram do modelo 2015 a 2017. Segundo a marca, "uma eventual falha dos cabos elétricos poderá impossibilitar o travamento ou a liberação das rodas, aumentando o risco de acidente, com consequentes danos físicos e materiais ao condutor, passageiros e terceiros". A falha poderá ser observada mediante o acendimento da luz-espia de avaria no quadro de instrumentos do veículo. Caso isso ocorra, o condutor deve se dirigir a uma concessionária da rede Jeep. Segundo a marca norte-americana, os donos do Renegade podem agendar o serviço a uma concessionária mais próxima a partir do dia 26 de junho e o tempo de serviço é de aproximados 60 minitos. Para mais informações, a FCA indica para os clientes ligaram para o 0800 da Jeep (0800 703 7150) ou através do site (www.jeep.com.br). Confira abaixo o final dos chassis das unidades envolvidas no recall.


Final dos Chassis

  • Jeep Renegade 2015 a 2017 - 988611151GK000279 a 98861115YHK096619

Nissan acerta últimos detalhes para dar início ao segundo turno na fábrica de Resende (RJ)


Anunciada há alguns meses, o início do segundo turno na fábrica de Resende (RJ) parece que deve começar em breve. A abertura do novo turno tem a ver com o início da produção do Kicks no Brasil, que deve abastecer o mercado local e os países vizinhos, assim como já acontece com March e Versa. Conforme já anunciado pela empresa, 600 novas pessoas foram contratadas e o início da operação deve começar o quanto antes. Os novos profisionais devem ser alocados na produção do Kicks, produzido desde Abril, o quanto antes para reforçar o volume e atender à demanda extra. A abertura do segundo turno faz parte do investimento de R$750 milhões direcionado a nacionalização do SUV e a modernização da fábrica. atualmente, os modelos March e Versa feitos em Resende são enviados para Argentina, Chile, Bolívia, Costa Rica, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai. A expectativa é aplicar a estratégia também ao Kicks. Concluída a fase de contratação, a fábrica deve ter 2.400 funcionários diretos. A fábrica produz automóveis há três anos, fruto de um investimento de R$2,6 bilhões e produz atualmente apenas modelos compactos. Na fábrica ainda são produzidos os motores 1.0 12v Flex e 1.6 16v Flex.


BMW revela nova geração do X3 estreia nos Estados Unidos no próximo dia 26 e no Salão de Frankfurt


A nova geração do BMW X3 deve ser revelada na Europa no próximo dia 26 de junho, nos EUA. O utilitário esportivo foi flagrado com pouca camuflagem, identificando a proximidade de seu lançamento. Usando a plataforma modular CLAR, a mesma de Série 5 e Série 7, o utilitário esportivo deve perder consideravelmente em peso e ganhar em tecnologia. Isso significa que o X3 ficará maior, principalmente o espaço interno, incluindo porta-malas. O SUV também ficará mais refinado, tanto em equipamentos quanto em acabamento, para se afastar do irmão menor, X1, e abrir espaço para o futuro X2, um SUV coupé menor que o X4. Flagrado pelo site Motor1, o novo X3 feito sobre a nova plataforma modular CLAR, o novo X3 deve ser cerca de 100kg mais leve e deve ganhar uma inédita versão híbrida e com pacote M com mais de 400cv. Ele deve ter inspiração no X1, com uma grade dianteira maior, com faróis de LEDs. Na lateral o destaque fica por conta de uma linha de cintura elevada e que só termina nas lanternas traseiras. Falando nela, as lanternas deverão ser de LEDs, enquanto a tampa do porta-malas deve ter um ressalto, um escape duplo, entre outros. A BMW tem revelado muito pouco sobre a nova geração do X3, mas o interior deve ter volante de três raios e um monitor do sistema iDrive independente. O quadro de instrumentos também deve ser revisto e será digital, enquanto a central multimídia deve ser de última geração. Sob o capô, podemos esperar para ver uma variedade de motorizações, que vão desde o 2.0 16v Turbo de quatro cilindros ao 3.0 de seis cilindros em linha. BMW também vai oferecer um punhado de uma alta performance variantes incluindo um X3 M40i com pelo menos 360cv de potência e um X3 M que pode ter cerca de 500cv.



Fotos: Motor1

Seat Arona é flagrado sem camuflagem pela primeira vez, sobrevoando Barcelona, e estreia dia 26


A Seat deve apresentar o Arona em breve na Europa, para o Salão do Automóvel de Frankfurt. Primeiro SUV Compacto da marca espanhola, o Arona foi visto sem nenhuma camuflagem pela primeira vez, possivelmente fazendo duas fotos de lançamento. Com apresentação marcada para o dia 26 de junho (segunda), o Arona acabou sendo revelado. O modelo estava sendo transportado por um helicóptero, sobre uma plataforma de metal suspensa, e foi surpreendido pela lentes do fotógrafo Marcos, de Barcelona, via Instagram. Ele deve ser produzido sobre a plataforma modular para compactos e finalmente deixa de ser um segredo. Aposta da marca espanhola para competir com Fiat 500X, Jeep Renegade, Honda HR-V, Toyota C-HR e outros. Entre os destaques da carroceria estão os tradicionais vincos, com destaque para os revestimentos plásticos nas caixas de roda e teto em tom contrastante nas versões mais caras. Falando em versões, a variante esportiva FR também está confirmada. O novo utilitário esportivo, de acesso, da Seat deve ser apresentado ainda em 2017. Ele deve ter a plataforma MQB-A0 que estreou no Ibiza e deve ser o primo da versão de produção do Volkswagen T-Cross Breeze Concept. No lançamento do Ibiza, a marca prometeu que a próxima novidade iria estrear em 20 semanas, ou seja, até Julho (o que se confirma pelo prazo da Seat) a versão de produção deve ser revelada. O que se sabe do Seat Arona é que o entre eixos terá 2,56 m, medida padrão para a MQB-A0, pois assim a VW reduz ainda mais os custos de produção e desenvolvimento, vital para obter maior rentabilidade nos carros compactos, que geralmente tem menor valor agregado. Na Europa ele deve usar motores 1.0 TSI e 1.5 TSI, além de um 1.5 TDI com câmbio manual de 6 marchas ou automático de dupla embreagem de 7 velocidades DSG.


Fotos: Marcosgf e MQB-Coding&Retrofit

Site flagra interior da segunda geração do Nissan Leaf, que estreia dia 6 de setembro no Japão


Considerado um dos lançamentos mais importantes do Japão em 2017, a segunda geração do Nissan Leaf foi flagrada rodando em testes mais uma vez pelo site Automedia e Motor1. O hatch deve ser apresentado dia 6 de setembro no Japão e quase ao mesmo tempo deve ser apresentado no Salão de Frankfurt. Com camuflagem zebrada, o hatch já mostra alguns detalhes de sua carroceria e deve trazer evoluções no design e na tecnologia. Além de seu design externo, o novo Leaf foi flagrado pela primeira vez no interior, com o volante igual ao do Kicks, além do acabamento interno com maior sensação de modernidade, com destaque para o quadro de instrumentos digital e a nova tela do sistema de entretenimento. O hatch deve ser vendido com recursos tecnológicos como o sistema de condução semi-autônoma. O Leaf seguirá o DNA de design da Nissan, que conhecemos com o Kicks e ganhou destaque no novo March, ou Micra para o mercado europeu. Atualmente o ponto fraco do Leaf, a traseira deve receber um design bem "normal" nessa nova geração, deixando de usar as lanternas verticais bem alongadas. Além disso, o suporte para placa subirá para a tampa do porta-malas, deixando o para-choque apenas com luzes refletivas. Falando em evolução, uma das mais esperadas é a evolução mecânica do hatch. Possivelmente trazendo baterias de 60kW, o Leaf terá uma autonomia de 550km. Outra novidade será um sistema semi-autônomo de condução. A expectativa é repetir, na segunda geração, o sucesso comercial da primeira, que lidera o mercado global de carros elétricos. A segunda geração do Nissan Leaf deve ficar 30% mais em conta graças ao compartilhamento de plataformas para elétricos entre Renault, Nissan e Mitsubishi.



Fotos: Automedia e Motor1

Novo Audi A8 terá sistema de suspensão ativa e rodas traseiras esterçantes para ajudar na segurança


Com estreia marcada para 11/07, a nova geração do Audi A8 teve mais detalhes revelados. O sedã topo de linha da marca deve contar com suspensão ajustável previamente de "modo a virtualidade de eliminar por inteiro qualquer vibração ou solavanco", segundo a Audi. O A8 terá também rodas traseiras esterçantes, que contribuem tanto para um diâmetro de giro menor que o do A4 (quando esterçam na direção oposta às dianteiras) quanto para estabilidade desse eixo (ao esterçarem na mesma direção das dianteiras). Com monitoramento de 360º, o A8 também deve salvar os passageiros. Em caso de colisão lateral a mais de 25km/h, o sedã eleva a suspensão em até 80mm em meio segundo para aumentar a proteção contra capotamento. Com essa medida, a carga do impacto aos ocupantes cai pela metade, afirma o fabricante. O novo A8 deve trazer assistente de estacionamento autônomo do novo carro. Com este recurso, o condutor poderá estacionar o carro sem estar necessariamente dentro dele, por meio de comandos pela chave. Além do novo sistema, a Audi deixou à mostra boa parte dos detalhes internos do novo A8, como o volante multifuncional, além do painel de instrumentos totalmente digital e os detalhes de acabamento em alumínio, madeira e cromado. O A8 ficará 282kg mais leve que a geração atual ao vir com a plataforma MLB EVO, que possui muito aço de alta resistência e aço comum, fibra de carbono e magnésio. Além disso, o Novo Audi A8 será oferecido somente com um sistema micro-híbrido de 48 volts, que consiste em um motor de arranque capaz não só de religar o propulsor nas paradas, mas sustentar uma velocidade muito baixa no anda e para urbano ou nas saídas, alcançando até 22km/h. O sistema ainda deve auxiliar que o A8 ande entre 55 a 160km/h com o motor a gasolina desligado, mas apenas em cruzeiro e por até 40 segundos, dependendo da situação, o que deve dar uma redução de consumo de 0,7 litros a cada 100km.


Chevrolet Camaro ZL1 1LE bate recorde em Nürburgring como o Camaro mais rápido do circuito


Apresentado em Março, o Camaro ZL1 1LE, versão mais próxima de pista mas vendida como modelo de rua do Camaro bateu recorde na pista de Nürburgring como o Camaro mais rápido a colocar suas quatro rodas na pista. O coupé conseguiu o tempo de 7:16:04 para dar uma volta no circuito Nordschleife, o mais comprido de Nürburgring, com seus 20,8km de extensão. O tempo foi suficiente para fazer com que o ZL1 1LE fosse 13,56 segundos mais rápido que o ZL1 levado em 2016, com câmbio automático de 10 velocidades. Esse tempo do Camaro ZL1 1LE é mais rápido também que o convém Porsche 911 GT2 RS da geração anterior (7:18), Nissan GT-R (7:19.10) e Ferrari 488 GTB (7:21.63). Ele conta com motor 6.2 V8 Supercharger que desenvolve 659cv de potência, 88,5kgfm de torque e com tração traseira. Para aumentar a diversão, adicione o câmbio manual de 6 marchas com relação de diferencial mais curta e o Active Rev-Matching, sistema que equaliza as rotações assim que a embreagem é acionada, trazendo melhora na troca de marcha. Além de um motor insanamente divertido, o ZL1 1LE se diferencia por trazer novos para-choques são mais leves e aerodinâmicos, o grande aerofólio traseiro é ajustável e tem função de segurar a besta no chão, em contato com rodas mais leves vestidas em pneus específicos para a versão, Goodyear Eagle F1 Supercar 3R. Segundo a GM, a suspensão dianteira tem câmber facilmente ajustável e o conjunto traseiro ganha barra estabilizadora com três ajustes de rigidez.


Vídeo-Recorde



Com chegada do Fiat Argo, Chevrolet reajusta os preços do Onix, que fica mais barato nas versões LT


A Chevrolet reajustou novamente os preços do Onix no Brasil. Mas antes que você pense que ele ficou mais caro, engano seu. Com o lançamento do Argo, o Onix ficou até R$1.800 mais em conta já com linha 2018. A redução de preço vale para todas as versões LT, tanto com motor 1.0 como 1.4 e viram os preços ficarem menor entre R$600 a R$1.800, enquanto as versões LTZ, Effect e Activ mantiveram seus preços. A versão LT equipada com motor 1.0 8v foi a que mais teve seu preço dimunuído. O hatch passou de R$47.850 para R$46.150, enquanto as versões LT 1.4 e LT 1.4 AT6 tiveram seus preços diminuídos em R$600. Assim, as versões passam a ser vendidas com preço de R$51.050 e R$56.190. O hatch é equipado com motor 1.0 8v FlexPower SPE/4 que desenvolve 80/78cv de potência com torque de 9,8/9,5kgfm, acoplado com câmbio manual de 6 marchas. Já o 1.4 8v FlexPower SPE/4 desenvolve 106/98cv de potência com torque de 13,9/13kgfm, acoplado ao câmbio manual de 6 marchas ou automático de 6 velocidades. Entre os itens de série há OnStar pacote Protect (Diagnóstico, App/Web, Segurança e Emergência), ar-condicionado, sensor de estacionamento, travas e vidros (dianteiros) elétricos, painel com velocímetro digital, bússula e alerta de mudança de marcha, multimídia MyLink de última geração, chave tipo canivete com controle remoto das travas e vidros elétricos, faróis com máscara negra, direção com regulagem de altura, adesivo da coluna B, rodas aro 15 com novas calotas, banco do motorista e cintos de segurança dianteiros com regulagem de altura, espelho nas sombreiras, detalhes internos cromados, volante multifuncional, luz de cortesia no porta-luvas e bagageiro, abertura do porta-malas por controle remoto, sistemas antifurto, aviso sonoro para não afivelamento do cinto, câmbio de seis marchas, freios ABS com EBD (distribuição eletrônica de frenagem) e airbag duplo.


Tabela de Preços

  • Onix 1.0 LT 2018 – De R$ 47.950 para R$ 46.150
  • Onix 1.4 LT 2018 – De R$ 51.650 para R$ 51.050
  • Onix 1.4 LT AT6 2018 – De R$ 56.790 para R$ 56.190
  • Onix 1.4 Effect 2018 – De R$ 54.990
  • Onix 1.4 LTZ 2018 – De R$ 56.650
  • Onix 1.4 LTZ AT6 2018 – De R$ 61.950
  • Onix 1.4 Activ 2018 – De R$ 59.950
  • Onix 1.4 Activ AT6 2018 – De R$ 65.250

sexta-feira, junho 23, 2017

Lifan deve lançar X60 reestilizado em julho por R$77.990 com câmbio automático CVT


A Lifan confirmou que deve apresentar o X60 reestilizado no Brasil em julho. Chinês mais vendido do Brasil nos últimos anos, o SUV Compacto deve ganhar mudanças de meia-vida e nova opção de câmbio. Possivelmente o X60 passe a ser vendido nas versões Talent, VIP manual e VIP CVT. Segundo o site Carsale, o X60 deve ter preço de R$77.990 e será vendido apenas na versão VIP. Os clientes interessados no SUV têm de pagar de R$ 5 mil a R$ 10 mil de sinal para reservar o modelo cuja entrega leva de 30 a 60 dias. O X60 traz uma nova grade dianteira, que conta com uma barra horizontal destacada, com a inscrição Lifan em letras garrafais, além do novo para-choque de linhas mais atuais. Há luzes diurnas em LEDs, enquanto os faróis auxiliares de neblina sobem para a área intermediária (lembra um BMW) e os novos faróis preservam o formato, mas com elementos internos renovados. Na traseira, as lanternas mudam levemente e o para-choque recebe um novo acabamento na parte inferior, com duas saídas de escape (uma decorativa) e um aplique na parte central. Os retrovisores externos são novos, mais tradicionais e com luzes de seta integradas, assim como as rodas de liga leve, que recebem novo desenho com face diamantada e interior pintado de preto. No interior, o painel ganha importantes novidades visuais, com um novo painel, com um acabamento melhor. Ele passa a vir com acabamento de costuras visíveis. Na região central, há novos botões de comandos do ar-condicionado (o indicativo de temperatura e velocidade passa a ser exibido na tela central) e novas saídas de ar retangulares com acabamento cromado. Na parte inferior estão os botões de aquecimento dos bancos dianteiros, acendedor de cigarro, tomada 12V, entrada USB/AUX e botão de desativação do ESP. O Brasil ainda deve receber ESP como item de série e o motor continua o mesmo 1.8 16v a gasolina que desenvolve 128cv de potência e 16,8kgfm de torque. Na mecânica a grande novidade fica por conta do câmbio automático CVT, para competir diretamente com o JAC T5 CVT.


Diretor da PSA revela que novo Citroën C3 por abortado por duas clínica com potenciais consumidores


Depois de todo aquele papo sobre custos, eis que a verdade sobre a não vinda da terceira geração do Citroën C3 é revelada. O hatch era considerado certo para o nosso mercado já que manteria a mesma plataforma do modelo atual, mas foi descartado depois que não passou por clínicas com possíveis clientes da nova geração. Segundo o diretor de marketing da Citroën, Fabrício Biondo, em entrevista ao Motor1BR, confirmou que o hatch passou por duas clínicas no país. A primeira pegou pessoas de uma determinada região e não deu muito certo. A segunda clínica pegou pessoas de todos os estados e também não agradou. Por fim a Citroën acabou engavetando o projeto e deve voltar a ter um C3 parecido com o europeu somente na nova geração, quando for produzido com a plataforma CMP. Outro fator que corroborou para a desistência de sua vinda foi a plataforma, já em fim de carreira, já que a partir de 2019 a PSA deve desenvolver a CMP na Argentina e no Brasil. A nova plataforma deve servir para carros do segmento A, B e C. É dela que surgirão os sucessores do 208 e C3, além de outros modelos. De acordo com Biondo, apesar de ter sido confirmada apenas para a Argentina, a fábrica de Porto Real (RJ) está pronta para receber os produtos da CMP. Logo, o C3 só deve ganhar uma nova geração quando tiver a plataforma CMP e até lá pode sobreviver com um face-lift, algo que a PSA resolveu fazer com o AirCross como forma de dar uma sobrevida.


Fonte: Motor1BR

Ford confirma que EcoSport "completo" deve ter preço inicial de alguns rivais ao ser lançado


A Ford confirmou o lançamento do reestilizado EcoSport para julho no mercado e início das vendas em agosto. Para se armar frente a nova concorrência, a Ford deve fazer com que o EcoSport se torne bem mais atraente no seu custo/benefício. Durante o Salão de Buenos Aires, Rafael Marzo, que desenvolveu o EcoSport 2018 e detalhou um pouco sobre as novidades do modelo reestilizado. Marzo começou explicando que a Ford realizou pesados investimentos na linha de montagem para aumentar a qualidade de construção para atender outros mercados, lembrando que a marca sempre priorizou a segurança de seus modelos. Um dos objetivos é exportar o modelo nacional para mercados mais maduros. Para colocar novamente o EcoSport no topo, a marca promete preços agressivos. "O novo EcoSport completo terá preço na faixa em que os concorrentes são vendidos em sua versão de entrada", destacou um executivo em entrevista ao site Motor1BR. Entre as novidades visuais do EcoSport estão os novos faróis, a grade que ficou maior e fica entre os faróis, assim como os faróis de neblina também são novos. O pisca sai dos faróis e vai para o mesmo conjunto dos faróis de neblina. A placa agora ocupa o espaço sob a grade, em uma grande barra entre ela e o que parece ser um “peito de aço” estilizado. Na traseira, o nosso EcoSport mantém o estepe na traseira e as lanternas que não mudaram de formato (se for verdade, sites dão como certeza que o nosso deve trazer novo layout das lanternas) ou farão o uso de LEDs. O puxador da tampa traseira continua disfarçado na lanterna direita. No porta-malas, o Eco 2018 deve ter um porta-malas com um "tampão" no assoalho. O material é feito de materiais recicláveis e deve ficar no fundo do porta-malas. A divisória é reforçada com cola e água e serve para proteger objetos frágeis e que quebram com facilidade, podem ser guardados ali. Na mecânica o destaque deve ficar pelo motor 1.5 12v TiVCT Flex que deve desenvolve 137cv de potência com torque de 16,2kgfm, enquanto o motor 2.0 16v Flex passa a contar com injeção direta de combustível e desenvolve 178/175cv de potência, acoplado ao câmbio automático de 6 velocidades com conversor de torque.


Volkswagen T-Cross começa a ser produzido na fábrica de São José dos Pinhais (PR) em setembro de 2018


Parece que a Volkswagen já definiu uma data para o início da produção do T-Cross no mercado brasileiro. Enquanto ele deve ser apresentado no Salão de Genebra de 2018, no Brasil suas vendas começam no segundo semestre de 2018, mais precisamente em setembro. Com base no Polo, o T-Cross será produzido na fábrica de São José dos Pinhais (PR) ao lado de Fox, SpaceFox, Golf, Audi A3 Sedan e Q3. Assim a fábrica de São José dos Pinhais deve se tornar quase que 100% com produção da MQB, já que o destino de Fox e SpaceFox ainda é incerto. Recentemente, fornecedores bateram o martelo a favor da unidade paranaense. Nosso palpite, é que o Polo fique em São Bernardo do Campo, o sedã Virtus em Taubaté e a inédita picape seja produzida na Argentina, ficando um MQB-A0 em cada fábrica. Construído sobre a plataforma MQB-A0, o modelo é tratado abertamente como T-Cross, podendo indicar que o nome do conceito também seja o nome do modelo de produção. O T-Cross terá cerca de 4,20 metros de comprimento, 2,60 metros de entre-eixos, 1,79 metro de largura e 1,51 metro de altura. O design deve ser próximo ao do T-Cross Breeze Concept, apresentado em 2016. Na mecânica, espera-se que ele seja vendido com motores 1.0 12v TSI de 125cv de potência e 20,4kgfm de torque nas versões de entrada e o 1.6 16v MSI Flex que desenvolve 120/110cv de potência e 16,8/15,8kgfm de torque, acoplado ao câmbio manual de 6 marchas ou automático Tiptronic de 6 velocidades e o 1.4 TSI de 150/150cv de potência e 25,5/25,5kgfm, acoplado ao câmbio automático de 6 velocidades. Preços devem ficar entre R$75.000 a R$100.000.


Peugeot anuncia novidades no seu pós-venda com o Peugeot Total Care e o Renova Peugeot


A Peugeot está apostando pesado para reverter a sua baixa reputação de marca ruim de pós-venda. Apostando em novos modelos e motores, a marca francesa não poderia deixar de investir na sua imagem. Um dos principais fatores que prejudicam seu desempenho comercial, a marca do leão e lança o programa "Peugeot Total Care". Depois de mudar a estrutura de suas concessionárias, a marca lançou dez compromissos (ou regras) em busca de melhorar o atendimento para os proprietários da marca: Compromisso 1 - As revisões agendadas serão entregues em até 24 horas. Caso isso não ocorra, o cliente não pagará nem peças nem mão de obra.; Compromisso 2 - Se o valor de qualquer reparo ou serviço for maior do que o orçado inicialmente, a Peugeot pagará esta diferença.; Compromisso 3 - Caso a concessionária não pratique o valor fixo da revisão, o cliente poderá reclamar e a Peugeot pagará a diferença ao cliente.; Compromisso 4 - Todos os veículos que passam pelas oficinas da marca só são liberados após uma inspeção de qualidade por técnicos treinados.; Compromisso 5 - Em qualquer serviço ou revisão, as peças substituídas só são descartadas após serem apresentadas ao consumidor.; Compromisso 6 - Os veículos são entregues na data e hora marcada.; Compromisso 7 - Os veículos são lavados após a revisão.; Compromisso 8 - A Peugeot empresta um veículo de sua frota (cerca de 1.000 pelo Brasil) quando o veículo do cliente fica imobilizado por mais de 4 dias na concessionária até a sua entrega. Isso é válido para veículos dentro ou fora da garantia.; Compromisso 9 - Reboque gratuito, 24 horas por dia, por 8 anos, em caso de pane ou colisão e Compromisso 10 - O cliente poderá acionar o Serviço de Atendimento ao Consumidor da Peugeot caso qualquer uma destas regras seja descumprida pela concessionária. Já para reverter a questão da desvalorização, a empresa lança o Renova Peugeot. Este programa garante a recompra do veículo da marca por até 85% da FIPE após três anos na troca por outro modelo da marca.


Toyota apresenta face-family do Aqua/Prius C para o Japão, que ainda oferece versão aventureira


A Toyota está apresentando no Japão o reestilizado Aqua, conhecido também como Prius C, que estreia sua linha 2018 com novidades de meia-vida e com uma inédita versão aventureira. O híbrido é vendido no mercado asiático com preço inicial de 1.785.240 yuans (cerca de R$53.000) e pode chegar a 2.062.800 yuans (R$61.000) na variante aventureira. No design externo, o Aqua/Prius C passa a trazer para-choques redesenhados, faróis com novo formato e capô retocado, além de novas lanternas traseiras e para-brisa com leves mudanças. Já o modelo aventureiro conta com rodas de 16 polegadas exclusivas, grade dianteira com desenho diferenciado, novas tomadas de ar, detalhes em plástico preto e rack de teto. Por dentro, as novidades ficam por conta do novo quadro de instrumentos com tela TFT no centro do painel, além dos bancos com novas opções de revestimento, incluindo um novo couro sintético na cor branca. Sobre o capô, o Aqua/Prius C conta com motor 1.5 16v a gasolina junto de um elétrico que juntos conseguem entregar 100cv de potência acoplado ao câmbio automático CVT. Segundo a Toyota, o hatch consegue 38km/l nas versões mais simples e 34,4km/l no modelo aventureiro.




Jaguar revela as primeiras imagens oficiais do E-Pace em teaser, que será revelado no Salão de Frankfurt


A Jaguar revelou as duas primeiras imagens oficiais de seu lançamento no Salão do Automóvel de Frankfurt: o E-Pace, irmão menor do F-Pace, deve ser enfim apresentado. E como forma de antecipar o utilitário esportivo, a marca britânica apresentou duas imagens que mostram sua lateral e a traseira sem nenhuma camuflagem. Além disso confirmou a apresentação na Europa para o dia 13 de julho. Já apresentado até mesmo no site brasileiro, o E-Pace deve ser o primeiro SUV Compacto da Jaguar, que deve concorrer com Audi Q3, BMW X1, Mercedes-Benz GLA, MINI Countryman e Volvo XC40. No design, o E-Pace mantém uma semelhança na lateral e na traseira, guardando para si uma identidade dianteira própria, ao menos no pouco que aparece na imagem. Segundo a marca, o E-Pace usará os já conhecidos sistemas de tração e motores dos demais modelos, tanto a gasolina quanto diesel. Em outras palavras, estamos falando do sistema de tração integral com modos de condução e distribuição automática, câmbio de 8 marchas e os motores da família Ingenium (2.0 turbo a gasolina e 2.0 Turbo Diesel). Talvez vejamos também o 3.0 V6 supercharger sob o capô. No Brasil seu lançamento deve acontecer no meio de 2018, sendo o modelo mais em conta da marca no país. Além dele, a Jaguar deve apresentar o I-Pace em Frankfurt. Com os dois modelos a empresa crê num crescimento de 83%.


Mercedes-Benz AMG GT Concept é flagrado rodando em testes em Nürburgring e estreia em 2018


A Mercedes-Benz continua testando a versão de produção do AMG GT Concept, que deve ser lançado em 2018 na Europa. O sedã coupé com base no AMG GT pode se chamar AMG GT4 e será o grande concorrente do Porsche Panamera. O sedã foi flagrado pelo site Motor1 e o sedã estava em testes na pista de Nürburgring. O que chama atenção na camuflagem é um ressalto no porta-malas. Com carroceria de linhas bem esguias, o conceito apresenta um volume do habitáculo maior do que os CLA e CLS. Chama atenção também as vigias laterais nas colunas C, algo pouco usual em termos de Mercedes. Na dianteira, o destaque fica por conta da grade bastante esportiva e dotada de frisos verticais em preto, enquanto a grelha é vermelha. Próximo do logo da Mercedes-Benz, outro da AMG. Os faróis são full LED com LEDs de marcação e indicação de direção em tons de azul e laranja, além de LEDs diurnos centrais e lanternas de curva em LED. O para-choque conta com grandes entradas de ar e acabamento em fibra de carbono. As rodas de alumínio do Mercedes-AMG GT Concept são cromadas e com o centro em tonalidade dourada, a mesma das pinças de freio. Com teto panorâmico, o conceito apresenta lanternas em OLED na traseira, bem como um enorme difusor de ar com escape único central. Na mecânica o sedã conta com motor 4.0 V8 que deve desenvolver cerca de 575cv de potência e um conjunto híbrido com esse motor pode chegar a ter 805cv de potência. Para acelerar de 0 a 100km/h, possivelmente o sedã fique na casa dos 3 segundos. O lançamento deve acontecer no início de 2018, em algum Salão do Automóvel pelo mundo.



Fotos: Motor1