terça-feira, abril 25, 2017

Renault confirma pré-venda e revelação dos preços do Kwid para 15 de Maio no Brasil


A Renault confirmou que deve revelar os preços do Kwid dentro de 20 dias. O hatch será lançado no nosso mercado em Junho, depois de tanta espera. Ao ser questionada por um seguidor, a data de divulgação dos preços do Kwid, eis que a marca revela: 15 de Maio. Ainda não podemos afirmar se esta será a data de lançamento oficial ou apenas a divulgação de valores e reservas, como fizeram com o Captur. Ao menos é um passo a mais do que já foi divulgado até então. Chamado de o "o mais SUV dos compactos", o Kwid é desenvolvido para mercados emergentes, o nosso Kwid deve ser o modelo mais seguro do mundo, por trazer 140kg de reforços estruturais, chegando a 840kg. A Renault terá a capacidade de produzir 15.000 unidades do hatch por mês, para abastecer o Brasil e a Argentina primeiramente. Caso a Renault alcance esse objetivo, o Kwid poderia se tornar o líder do nosso mercado, mas certamente isso não deve acontecer visando seus rivais mais próximos. A Renault ainda deverá ser cuidadosa com seu preço para não acabar afetando as vendas do Sandero. Com lançamento no meio do ano (entre Junho a Julho), ele deve ser produzido na fábrica de São José dos Pinhais (PR). Segundo a Renault, em relação ao modelo indiano, o nosso Kwid se difere por mudanças na estrutura geral do modelo, maior refinamento na cabine e a primazia de oferecer airbags laterais como itens de série desde a versão de entrada. Com isso, a marca espera melhorar os baixos índices de proteção aos passageiros alcançados pelo Kwid “original” no exterior. No visual, as principais mudanças estão relacionadas ao desenho das rodas, que mantém os três furos”, e dos retrovisores, herdados do Sandero. O limpador do para-brisa será único, algo que o Fiat Mille fazia até 2013, quando saiu de linha. Apesar desses pequenos deslizes, o Kwid tem tudo para emplacar bem no mercado e incomodar os principais rivais. O motor será 1.0 12v SCe Flex igual do Sandero/Logan, mas com motor um pouco mais fraco, com cerca de 76cv e 10kgfm de torque. Os preços devem começar na casa dos R$30.000 aos R$40.000.


Primeira Quinzena de Abril de 2017: Honda WR-V cresce, Hyundai Creta é vice e Jeep Compass encosta em Honda HR-V


Podemos dizer que os destaques dessa primeira quinzena de Abril são todos SUVs (tirando o WR-V, o mais "poser" da lista). Começando pelo WR-V, que deve ter o seu primeiro mês cheio em vendas, o novo modelo da Honda já ficou a frente do seu "irmão" Fit nas duas primeiras semanas do mês por uma diferença de 41 unidades a favor do novato. Além dele, o Hyundai Creta também mereceu destaque ao conseguir uma inédita vice-liderança entre os SUVs Compactos, ficando atrás apenas do Honda HR-V, líder entre os SUVs Compactos. O Jeep Renegade caiu para terceiro e o Nissan Kicks, em transição do modelo mexicano para o brasileiro, veio só em quinto, atrás do Ford EcoSport. Entre todos os SUVs, o Jeep Compass voltou a incomodar o Honda HR-V. Na primeira quinzena, a diferença entre ambos foi de apenas 9 unidades e abriga promete esquentar com o desenrolar deste mês. Entre a liderança, nenhuma novidade: Chevrolet Onix, Hyundai HB20 e Ford Ka lideram o mercado, seguido por Volkswagen Gol, Toyota Corolla, Chevrolet Prisma, Renault Sandero, Honda HR-V, Jeep Compass e Fiat Toro. Confira abaixo a lista dos 50 automóveis e comerciais leves mais vendidos do Brasil neste início de Abril.


Ranking
1º Chevrolet Onix - 5.439
2º Hyundai HB20 - 4.112
3º Ford Ka - 3.106
4º Volkswagen Gol - 2.559
5º Toyota Corolla - 2.525
6º Chevrolet Prisma - 2.266
7º Renault Sandero - 1.924
8º Honda HR-V - 1.820
9º Jeep Compass - 1.811
10º Fiat Toro - 1.709
11º Toyota Etios Hatch - 1.663
12º Volkswagen Fox - 1.655
13º Hyundai Creta - 1.561
14º Fiat Strada - 1.536
15º Fiat Mobi - 1.492
16º Volkswagen Saveiro - 1.478
17º Volkswagen Voyage - 1.313
18º Volkswagen up! - 1.236
19º Toyota Etios Sedan - 1.226
20º Ford Ka+ - 1.220
21º Honda Civic - 1.215
22º Chevrolet S10 - 1.213
23º Hyundai HB20S - 1.201
24º Toyota Hilux - 1.176
25º Jeep Renegade - 1.078
26º Fiat Grand Siena - 942
27º Honda WR-V - 926
28º Fiat Palio - 919
29º Honda Fit - 885
30º Ford EcoSport - 801
31º Chevrolet Cruze - 792
32º Fiat Uno - 788
33º Nissan Kicks - 759
34º Renault Duster - 674
35º Chevrolet Spin - 672
36º Chevrolet Cobalt - 661
37º Honda City - 544
38º Renault Logan - 539
39º Ford Fiesta Hatch - 524
40º Nissan Versa - 485
41º Toyota SW4 - 463
42º Citroën C3 - 447
43º Peugeot 2008 - 442
44º Peugeot 208 - 429
45º Ford Ranger - 419
46º Chevrolet Tracker - 361
47º Renault Oroch - 349
48º Citroën AirCross - 344
49º Fiat Fiorino - 341
50º Hyundai ix35 - 332

Segundo revista, nova geração do Honda Civic Si pode ser importado para o Brasil ainda em 2017


A Honda pode lançar a nova geração do Civic Si no Brasil ainda em 2017. A informação é da revista Auto Fácil desta semana, que revelou que a marca japonesa pode lançar a versão Si no final deste ano, apenas na carroceria sedã, assim como era na oitava geração. Apresentado no Salão do Automóvel de Nova York, ele será importado do Canadá e traz motor 1.5 16v Earth Dream Turbo que desenvolve 207cv de potência e 26,5kgfm de torque, acoplado sempre ao câmbio manual de 6 marchas. Segundo a Honda, o câmbio contém engates curtos e esperava-se que a linha Si viesse mais potente. Comparado com o motor anterior, o 1.5 atinge o pico de potência 1.300rpm mais cedo. O torque máximo chega com 2.300rpm a menos que no antecessor. Mais importante, o torque máximo está disponível entre 2.100rpm e 5.000rpm - cobrindo 70% da faixa de rotação do motor. Entre os destaques do novo Si estão a direção elétrica, suspensão com acerto esportivo, amortecedores adaptativos, molas mais duras, discos de freios dianteiros com 12,3", pneus 235/40 R18 e diferencial de deslizamento limitado, entre outras melhorias. O conjunto oferece ainda dois modos de condução: Normal e Sport, sendo que o primeiro é orientado mais para o conforto, enquanto o segundo ajusta a suspensão, a direção e o acelerador para uma condução mais emocionante. No design, destaque para os novos para-choques com aberturas mais amplas, grade dianteira com acabamento em preto brilhante, ponteira de escape cromada em formato poligonal no centro do para-choque traseiro a aerofólio traseiro com luz de freio em LED. O interior conta com bancos esportivos com costuras vermelhas, encontradas também nos painéis de porta, volante e alavanca de câmbio.


Subaru convoca recall de 1.457 unidades de Forester, Impreza, Legacy, Outback e Tribeca no Brasil


A Subaru está convocando um recall que envolve 1.457 unidades de cinco modelos no Brasil: Legacy, Outback, Tribeca, Forester e Impreza (nas carrocerias Sedan, WRX, WRX STI) com ano modelo 2009 a 2010. Segundo a marca, as unidades afetadas foram produzidas entre 8 de Janeiro de 2009 a 26 de Dezembro de 2009, que deverão voltar a uma concessionária mais próxima para solucionar um defeito na estrutura do insuflador do airbag do lado do passageiro. De acordo com o fabricante, por conta de uma eventual falha de vedação na estrutura do insuflador do airbag frontal do lado do passageiro, poderá haver infiltração de umidade, alterando as características químicas do propelente. Neste caso, quando o airbag for acionado em caso de acidente poderá existir uma força de deflagração acima do especificado, tendo como consequência o rompimento da estrutura do insuflador, que poderá projetar seus fragmentos metálicos no interior do veículo, juntamente com a bolsa deflagrada. Os fragmentos poderão causar lesões físicas graves ou fatais aos ocupantes do veículo. A marca também recomenda que até a substituição da bolsa do airbag se evite o transporte de passageiros no banco dianteiro do passageiro. O serviço começa a ser feito em todas as concessionárias da japonesa a partir de 31 de Maio de 2017. Para mais informações, a Subaru oferece o telefone 0800 (0800 770 2011) ou o site (www.subaru.com.br/recalls-subaru). Confira abaixo o final dos chassis das unidades envolvidas.


Final dos Chassis

  • Legacy e Outback 3.0 – ano/modelo 2010 – data de fabricação de 1/8 a 28/10/09 número de chassis de AG002878 a AG008815
  • Tribeca – ano/modelo 2009 a 2010 – data de fabricação de 8/1 a 5/12/09 número de chassis de 9S025638 a AS027549
  • Forester S e XT – ano/modelo 2009 a 2010 – data de fabricação de 6/5 a 17/12/09 número de chassis de AG098666 a AG136597
  • Impreza Hatch, WRX e WRX/Sti – ano/modelo 2009 a 2010 – data de fabricação de 19/8 a 26/12/09 número de chassis de AG062020 a AG065055



Primeiro SUV elétrico, Volkswagen revela ID Crozz Concept para o Salão do Automóvel de Xangai, na China


A Volkswagen está revelando no Salão do Automóvel de Xangai, na China, o ID Crozz Concept, que antecpa futuro utilitário esportivo elétrico da marca alemã. Com design SUV coupé, é um dos primeiros utilitários esportivos elétricos do Grupo VW conceitualmente falando. No design, destaque para os faróis com tecnologia Full-LED, o logotipo dianteiro iluminado e a ausência de grade na dianteira. No interior há espaço para 4 ocupantes e tecnologias como controle por gestos e o modo de condução autônoma I.D. Pilot. O SUV elétrico tem o modo Drive, que retrai a direção e assume o comando, graças aos muitos sensores e radares, incluindo os rastreadores lasers LIDAR retráteis sobre o teto. Entre os destaques há ainda o teto panorâmico com filetes de LED, HUD holográfico, quatro assentos individuais, porta-malas com 515 litros, faróis e lanternas em LED, multimídia com tela de 10,2 polegadas. e câmeras no lugar dos retrovisores. Feito sobre a plataforma MEB, o conceito mede 4,62 metros de comprimento e 1,89 metro de largura, além de ter um motor dianteiro de 102cv de potência e um traseiro de 204cv, totalizando 306cv de potência. As baterias são de lítio de 83kWh e o alcance é de 500km de autonomia. A velocidade máxima é de 180km/h e possivelmente a versão de produção do conceito deverá ser revelada em 2020.



Apresentado no Salão de Nova York, Toyota FX-4X Concept tem grandes chances de ser produzido


Apresentado no Salão do Automóvel de Nova York, o Toyota FT-4X Concept tem grandes chances de ser produzido. Durante o próprio evento, a marca confirmou a intenção de produzir o modelo, mesmo que na sua apresentação ele teria sido considerado apenas um estudo. Mudou rápido de ideia, não? "Se eu gostaria de ver algo como isso sendo produzido? Absolutamente", disse Jack Hollis, o ex-chefe de marketing e agora diretor geral da Toyota. "Não é um conceito tão exagerado ou fora de sintonia que você não possa construí-lo.". Possivelmente o modelo seja um novo utilitário epsortivo compacto da Toyota. Enquanto o C-HR deve competir diretamente com Honda HR-V, a versão de produção do FT-4X Concept deve ir atrás do Jeep Renegade. "Eu sempre imaginei o C-HR como um bicho de cidade e FT-4X como um bicho do campo", disse Ian Cartabiano, designer-chefe do Toyota's Calty Design Research e membro da equipe de design FT-4X. O conceito deve ser discutido entre os membros da Toyota para seguir adiante e acredita que o conceito pode dar vida a um modelo bastante factível. O design é robusto e focado no fora de estrada, dotado de grandes ângulos de entrada e saída, bem como suspensão elevada e pneus off-road. Ao mesmo tempo, os traços bem retilíneos e colunas espessas passam a impressão de um veículo futurista. A Toyota ainda conta com um pacote de acessórios para não deixar os ocupantes na mão. Ele conta com saco de dormir, assim como retrovisor com câmera GoPro, apoio de braço com USB, portas traseiras duplas (unem-se para abertura vertical) e bancos rebatíveis com plataforma plana.


Nissan comemora três anos da fábrica de Resende (RJ) com início da produção do Kicks nacional


Inaugurada em 2014, a fábrica da Nissan em Resende (RJ) está comemorando a marca de três anos de operação. Na fábrica, o primeiro automóvel a ser produzido foi o March e logo em seguida o Versa. Neste início de ano foi a vez do Kicks passar a ser produzido na fábrica. Em breve o modelo nacional do utilitário esportivo deve ser lançado no nosso mercado, com versões mais simples e sem os problemas que as cotas mexicanas impedem de vendê-lo sem pagar IPI a mais. "Além de todos os recursos tecnológicos, um grande diferencial é o forte investimento no treinamento de nossos funcionários. Isto se reflete na qualidade dos nossos produtos. Temos em Resende processos de produção que estão entre os mais bem avaliados em todas as unidades da Nissan no planeta", disse Hitoshi Mano, vice-presidente de Operações e Manufatura da Nissan do Brasil. Atualmente, o complexo conta com 1.800 funcionários e cerca de 115.000 carros produzidos para abastecer o mercado nacional e países como Argentina, Bolívia, Chile, Costa Rica, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai.


NIO apresenta o ES8 no Salão do Automóvel de Xangai, na China, como o seu primeiro utilitário esportivo


A NIO está revelando no Salão do Automóvel de Xangai, na China, o ES8, seu primeiro utilitário esportivo elétrico. Vendendo apenas o hiperesportivo EP9, o novo modelo possui proposta de um utilitário esportivo de 7 lugares com motor elétrica. O ES8 conta com 4,97 metros de comprimento e 3,00 metros de entre-eixos, com um espaço interno generoso. Testado em condições climáticas rigorosas, o ES8 pode ser vendido em todo o mundo. Entre os destaques do design estão as luzes diurnas e repetidores em LED, além de faróis de LED quase ocultos pelo acabamento frontal. A carroceria explora teto, colunas e retrovisores em preto brilhante, bem como luzes de posição nas saias de rodas (indicativo de sua futura presença nos EUA). Há ainda maçanetas e tampa do carregador retráteis, rodas de liga leve com desenho esportivo, lanternas em LED estilizadas e cortadas pela tampa do porta-malas, cujo espaço também não foi revelado. No interior, destaque para as telas similares às de tablet para instrumentos e entretenimento, assim como longos difusores de ar. Um simpático robô fica na parte superior para interagir com motorista e passageiros, enquanto o carona do banco dianteiro, tem ainda um apoio de pernas sob o painel. Ele deve ser vendido com dois motores elétricos, sendo um para cada eixo, provendo assim uma tração integral. A autonomia deve ficar entre os 300km a 500km.





Lynk&Co apresenta sedã 03 Sedan Concept no Salão do Automóvel de Xangai, seu próximo automóvel


Submarca de Geely e Volvo, a Lynk&Co apresentou seu novo automóvel ao público: o 03 Sedan Concept. O sedã é o segundo automóvel apresentado pela marca, ainda como conceito, no Salão do Automóvel de Xangai, na China. Com elementos do 01, o 03 Sedan Concept se destaca por trazer LEDs diurnos na parte superior dos para-lamas, mas sem os projetores de LED vistos neste último. Provavelmente o conjunto de faróis de LED ficará completamente na parte inferior, cujas lentes também são menores. O sedã pode fazer parte do segmento médio ou grande, podendo ficar acima ou abaixo dos 2,73 metros de entre-eixos do 01. A Lynk&Co não revelou suas dimensões, muito menos sua motorização. Por dentro, o painel é mais baixo e tem difusores de ar elevados, mas de mesmo estilo, assim como a multimídia direcionada ao condutor – característica herdada da Volvo – e instrumentação digital e configurável. O ambiente é igualmente sofisticado. Baseado na plataforma CMA, o 03 Sedan Concept deve ter motores 1.5 Turbo em conjunto com um motor elétrico assim como o 01. Uma das vantagens de utilizar a arquitetura da Volvo será a possibilidade de contar com sistemas de segurança da marca sueca, com preço mais acessível.




segunda-feira, abril 24, 2017

Confirmado para o Brasil, também, Kia revela Rio Sedan no Salão do Automóvel de Nova York


A Kia revelou no Salão do Automóvel de Nova York, de surpresa, a nova geração do Rio Sedan. Depois do hatch ser revelado no Salão de Paris de 2016, chega a vez do sedã fazer sua estreia ao público. Trazendo as mesmas novidades do hatch, o sedã ficou maior que seu antecessor no comprimento e na distância de entre-eixos, se tornando um dos mais espaçosos do segmento. Nos EUA ele deve ser vendido nas versões LX, S e EX. Todas serão equipadas com motor 1.6 16v GDI a gasolina que desenvolve 131cv de potência com 16,4kgfm de torque, acoplado ao câmbio manual ou automático, ambos de 6 marchas. Mais refinado, a nova geração conta com um interior mais espaçoso e silencioso graças à melhora no isolamento acústico e à redução de aspereza e vibração do motor. Bem equipado, o Rio pode receber na versão de topo itens como o sistema multimídia com tela de 7", Auto Android, Apple CarPlay e reconhecimento de voz. Em termos de segurança, destaque para a oferta da frenagem autônoma de emergência, um dos responsáveis pelo compacto ter alcançado a pontuação máxima nos testes do IIHS. Projetado em parceria com os centros de design da Coréia do Sul, EUA e Alemanha, o Rio está mais ocidental e traz a  evolução da grade frontal tiger nose e conta com para-choques mais agressivos, faróis de LEDs com assinatura em forma de “U” e na traseira, lanternas maiores. O interior ganha fica mais “clean” e moderno, com destaque para a tela multimídia flutuante de alta resolução, comandos circulares e maior percepção de qualidade. Dependendo da versão, pode receber revestimentos em couro, apliques em preto brilhante ou imitando alumínio.



Fiel ao conceito, Lincoln apresenta novo Navigator no Salão do Automóvel de Nova York, seu SUV de luxo


A Lincoln apresentou a versão de produção do Navigator, que chega ao Salão do Automóvel de Nova York. O maior SUV da marca de luxo da Ford, o Navigator possui carroceria de alumínio que diminuiu 200kg do seu peso. Seu chassi é de aço de alta resistência e garante maior rigidez torcional ao conjunto. No design, destaque para a grade cromada e vistosa, afundada no conjunto frontal, que ainda conta com faróis duplos full LED com LEDs diurnos e repetidores de direção em diodos emissores de luz. A traseira tem um conjunto robusto de lanternas de LED, que dominam o visual. Com enormes rodas de liga leve, o Lincoln Navigator 2018 é bem suntuoso por fora. No interior, destaque para o luxo, com quatro dos sete passageiros possuem apoios de braços centrais nos dois consoles que os separam. Os bancos dianteiros têm ventilação e aquecimento. A multimídia SYNC tem Android Auto e Car Play, além de hotspot Wi-Fi. Há também duas telas de 10 polegadas extras na segunda fileira. O sistema de som tem 20 alto-falantes Revel Ultima. Na mecânica, o Navigator conta com motor 3.5 V6 EcoBoost que desenvolve 450cv de potência acoplado a um câmbio automático de 10 velocidades, podendo ser vendido com espaço para sete pessoas ou quatro pessoas com bancos individuais. Entre os itens de série, a Lincoln oferece seis portas USB, três tomadas de 12V, uma tomada de 110V, controle de cruzeiro adaptativo, frenagem de emergência, alerta de mudança de faixa, câmeras com visão 360 graus, controle de estabilidade com trailer, HUD, revestimento total em couro e serviços de assistência premium Black Label.



Subaru apresenta a evolução do VIZIV-7 Concept, Ascent Concept, no Salão de Nova York


O sucessor do Tribeca acaba de ganhar um conceito mais atualizado para o Salão do Automóvel de Nova York. Confirmando o nome Ascent, o novo utilitário esportivo da Subaru foi confirmado para ser aparesentado até o ano que vem. Evolução do VIZIV-7 Concept, o novo conceito fica mais próxima do modelo de produção e coloca a Subaru de frente com Volkswagem, Toyota e Honda com seus Atlas, Highlander e Pilot. O conceito conta com 5,05 metros de comprimento, 2,98 metros de entre-eixos, 1,98 metro de largura e 1,83 metro de altura. Com espaço para sete ocupantes, o conceito conta com espaço para 3 fileiras de assentos. O design, como dito já antecipado, se enquadra na filosofia empregada nos primos menores Outback e Forester. O carro de produção deve mudar muito pouco. A previsão de lançamento é para o início de 2018 nos EUA, com produção na fábrica de Lafayette, Indiana. A meta é substituir - finalmente - o Tribeca, que deixou de ser produzido em 2014. Porém o Ascent tem boas chances de sucesso em território norte-americano. Na mecânica, tudo leva a crer que terá injeção direta e sobrealimentação.



Genesis apresenta GV80 Concept para o Salão do Automóvel de Nova York e antecipa SUV


A Hyundai está revelando para o Salão do Automóvel de Nova York o Genesis GV80 Concept, que antecipa o primeiro utilitário esportivo da marca de luxo da Hyundai. Concebido para ser um grande utilitário esportivo, ele se destaca pelo seu porte avantajado. "Ele estuda os benefícios dos sistemas alternativos de propulsão para aplicações em futuros produtos", disse um porta-voz. No design, destaque para a grade com a assinatura Genesis, além dos faróis afilados com layout interno diferenciado. Há também formas laterais mais marcantes e lanternas exibindo na parte traseira o mesmo padrão dos faróis. O interior conta com uma ampla tela curva OLED de 22 polegadas e outra atrás do volante, que substituem o painel de instrumentos e o display do sistema multimídia. As telas podem ser comandadas por botões no volante ou por meio de recursos sensíveis ao toque no painel. Entre as funções, há navegação, entretenimento, comunicação e meio-ambiente. “O GV80 Concept é um SUV que alude à confiança e à evolução da marca Genesis – seu design é intemporal, com uma sofisticada e dinâmica complexidade de superfícies”, disse o chefe de design da marca, Luc Donckerwolke. “Estas são todas as características que incorporam os produtos Genesis e refletem delicadamente elementos distintivos, que você verá em futuros modelos da nossa marca”. Há ainda couro em praticamente todos os lados. Há também detalhes em camurça com couro cinza e madeira cinza. A mecânica não foi revelada.



Toyota revela Fun Sedan Concept no Salão do Automóvel de Xangai, antecipando novo sedã


Depois de apresentar a nova geração do Toyota Camry, a Toyota levou para o Salão do Automóvel de Xangai, na China, o sedã Fun Concept. Com plataforma modular TNGA e com design próximo ao Camry 2018, o estudo quer mostrar a flexibilidade da plataforma TNGA e dá pistas sobre um novo sedã que será desenvolvido para o mercado chinês, muito provavelmente para ser o Camry chinês. Sem detalhes da mecânica revelada, o Fun Sedan Concept conta com design bastante arrojado, trazendo a nova identidade da Toyota. Entre os destaques, a dianteira chama a atenção pela enorme entrada de ar e os faróis de LED bem estreitos, enquanto as luzes de posição pontiagudas são semelhantes às utilizadas no Mirai. As enormes rodas e a caída suave do teto na parte traseira completam a proposta mais esportiva. Como forma de baixar os custos, a Toyota deve usar a plataforma TNGA em metade de seus automóveis até 2020.